Custo de setup x tempo de produção: das óperas de Wagner ao TikTok 

Na indústria, o custo de setup refere-se ao custo de preparar o maquinário para a produção. Normalmente, quando a indústria troca o tipo de produto, deve refazer o setup das máquinas. 

O tempo de produção deve ser proporcional ao custo de setup. Digamos, se eu demorar 2 horas para mudar a configuração do maquinário, a produção deve durar algumas horas. Se, nesse caso, a produção for de apenas 5 min e tiver que mudar o setup novamente, parece haver algo estranho, vai ter mais setup do que produção.

É muito claro o paralelo das afirmações acima com a duração das obras do cinema. 


Por que o Anel dos Nibelungos tinha 15 h de duração? 

Nos anos 1850, não existia mídia gravada, todas as performances tinham que ser ao vivo. Pior, não existiam carros automotivos, o transporte tinha que ser a cavalo. Nesse contexto, uma ópera era, além de entretenimento, um encontro social caro. Imagine a nobre família von Flinstones, que tinha que preparar os 7 filhos para uma viagem de 6h de carruagem, da fazenda até a cidade, para acompanhar uma ópera de Richard Wagner, digamos o “Anel dos Nibelungos”.

O custo de setup era muito alto, então a ópera também deveria “valer a pena”: durar o dia todo, ou vários dias, a fim de justificar a viagem – daí esta estar dividida em 4 partes, com duração total de 15h. Uma ópera de 15 segundos seria impensável, não valeria a pena. 


Filmes de cinema tem cerca de 2h de duração 

Avançando 100 anos no tempo, 1950, temos cinemas e automóveis. Mesmo assim, a família Simpson, de classe média, deve preparar os 3 filhos para sair de casa, deslocar-se ao cinema e aguardar a sessão – o setup demora algumas horas. É um custo de preparação bastante menor do que no caso anterior, mas mesmo assim, os filmes devem ter de 2 a 3 horas de duração. Um filme de 1954, como “Os Sete Samurais” de Akira Kurosawa, tem mais de 3 horas de duração, por exemplo. 


TikTok, alguns segundos de duração 

Mais quase 100 anos, nos dias atuais, a família Jetson tem 1, no máximo 2 filhos, cada membro da família tem um celular ou um computador, e o custo de setup é esperar alguns segundos. Ninguém precisa se arrumar ou sequer sair de casa, para consumir entretenimento. Nesse contexto, o custo de setup é baixíssimo. Por isso, um vídeo de 15 segundos, normalmente engraçado, curioso ou polêmico, cumpre a função de entreter e não tomar muito tempo do espectador – que pode ir para o próximo vídeo similar. Um TikTok de 15h de duração é impensável nesse contexto. 

Diminuir o custo de setup tem o efeito de aumentar a variedade da produção final, seja na indústria, na ópera, no cinema ou nas mídias modernas! 

Veja também:

2 comentários sobre “Custo de setup x tempo de produção: das óperas de Wagner ao TikTok 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s