Ethos, Pathos e Logos

A Retórica, do filósofo grego Aristóteles, é um dos melhores livros existentes sobre o assunto. Isto é incrível, considerando que foi escrito há mais de 2000 anos - o que mostra o quão genial é o autor.     Isto também é reflexo da própria civilização humana, que há milênios usa argumentos retóricos para persuadir …

Continue lendo Ethos, Pathos e Logos

Qual a importância de uma única opinião?

Qual a importância de uma única opinião, no meio do mar de opiniões deste mundo?   Só no Brasil, são 200 milhões de pessoas, cada uma com a sua cabeça. No mundo, 7 bilhões de seres humanos - o que é uma única voz no meio de tanta gente?   Só para dar uma dimensão, …

Continue lendo Qual a importância de uma única opinião?

6 Dicas de redação de George Orwell

O escritor George Orwell é um dos maiores escritores de todos os tempos, autor de livros lendários como 1984 e A Revolução dos Bichos. A seguir, 6 dicas simples de redação que valem a pena ser seguidas: Evite figuras de linguagem e ditados populares Nunca use uma palavra longa se uma curta é suficiente Se …

Continue lendo 6 Dicas de redação de George Orwell

Como apresentar a sua ideia em 30 segundos ou menos

O período médio de atenção do indivíduo é de 30 segundos. É por isso que os comerciais de TV têm 30 segundos. “Mas eu não conseguiria expor meu pensamento em 30 segundos”. Ora, a TV faz isso o tempo todo! Para criar o seu discurso: 1. Ter um objetivo claro, bem definido, para a mensagem. …

Continue lendo Como apresentar a sua ideia em 30 segundos ou menos

O Cavalo de Troia das histórias

Já contei neste espaço sobre a "Verdade e o Conto", ou seja, a verdade pode ser dura demais, mas com a ajuda do conto, ela consegue entrar no coração das pessoas. Ouvi outra analogia do tipo. As histórias são como um cavalo de Troia, remetendo à famosa lenda do cavalo de madeira, que entrou pelos …

Continue lendo O Cavalo de Troia das histórias

Thanks não tem tradução

A tradução de "Thanks" para o português é "Obrigado". E a tradução de "Sorry", "Excuse me", é "Desculpe-me". Mas essas palavras não tem tradução.     Voltei do Canadá recentemente e as pessoas ali são muito polidas. Para qualquer coisa, é um "thank you". Para esbarrões na rua, "sorry", "excuse me". Esta polidez também vale …

Continue lendo Thanks não tem tradução

Plutão e a falácia narrativa

A falácia narrativa O cérebro humano tem uma imaginação incrível, mas justamente esta capacidade de imaginar pode causar alguns "bugs". Um deles é o de acreditar mais numa história bem contada do que na realidade...   O planeta Plutão é o xodó dos astrônomos, o queridinho, por causa de uma história mais ou menos assim. …

Continue lendo Plutão e a falácia narrativa