O Anticristo, de Nietzsche, em 40 frases

Resumo em uma frase O próprio subtítulo já diz tudo: “Maldição ao cristianismo”   Introdução O filósofo alemão Friedrich Nietzsche (1844-1900), é, segundo suas próprias palavras, “Dinamite pura”. É alguém que faz filosofia com o martelo. E, neste livro, ele martela o cristianismo, com frases como “as três virtudes cristãs são as três espertezas cristãs”, …

Continue lendo O Anticristo, de Nietzsche, em 40 frases

O Crepúsculo dos Ídolos em 40 frases

O Crepúsculo dos ídolos, é um livro do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, publicado em 1889. O subtítulo "ou Como se filosofa com o martelo" já diz tudo: ele usa o martelo para atacar a filosofia, a razão, a moral, os costumes, destruir tudo. "Ídolo com pés de barro" se refere a uma história bíblica: uma …

Continue lendo O Crepúsculo dos Ídolos em 40 frases

Conhecimento Tácito x Explícito

Para cada unidade de conhecimento explícito em livros, há 1000 unidades de conhecimento tácito, não escrito em lugar algum. O conhecimento está nas pessoas - e pouquíssimas pessoas têm o talento, a paciência e dominam os meios para se comunicar de forma explícita, seja por texto, vídeo ou artigo. As ideias estão no ar.   …

Continue lendo Conhecimento Tácito x Explícito

O veneno da víbora não afeta um dragão

Um conselho de Nietzsche para aqueles que se incomodam com provocações alheias.   A picada da víbora Um dia dormitava Zaratustra debaixo de uma figueira, pois fazia muito calor e com o braço cobria o rosto. Veio uma víbora e mordeu o seu pescoço, e ele lançou um grito de dor. Quando tirou o braço …

Continue lendo O veneno da víbora não afeta um dragão

Nietzsche e van Gogh: loucos geniais

O pano de fundo deste espaço são telas de Vincent van Gogh. Isto não é mero acaso. Gosto muito dos traços fortes e cores vívidas de suas paisagens. Quando olho para uma tela de van Gogh, não deixo de pensar: "uma obra bonita... e muito louca". O mesmo acontece com Friedrich Nietzsche. Ideias fortes, sem …

Continue lendo Nietzsche e van Gogh: loucos geniais

É do caos que nasce uma estrela

"Sou um discípulo do profeta Dionísio" - Friedrich Nietzsche   Recomendações da TI sobre estrutura de dados: quanto mais estruturado, limpo e padronizado, melhor. Aumenta a produtividade, aumenta a organização. Menor será o retrabalho, menor será a confusão com dados. Planilhas em Excel são a pior coisa do mundo, porque o usuário vai criar colunas, …

Continue lendo É do caos que nasce uma estrela

Gigantes não reconhecidos

Conheci uma pessoa que não parava de vociferar, "Se a empresa investisse em mim, eu me dedicaria mais", "Um minuto que fico a mais é um minuto não remunerado", "por que eu tenho que tirar do meu bolso para estudar, e não a empresa pagar?" e coisas do tipo. Talvez ele se achasse um "gigante …

Continue lendo Gigantes não reconhecidos