Hábitos Atômicos – Resumo e Comentários

O livro “Hábitos Atômicos”, do autor James Clear, é um dos melhores livros que já li. Direto a ponto, cheio de dicas facilmente aplicáveis. Vale muito a pena, para quem quiser adquirir bons hábitos e, a médio e longo prazo, mudar a sua vida.

Segue um resumo de pontos principais.

(Escrito em co-autoria com o amigo Guilherme Lessio).

Juros compostos

Hábitos são juros compostos de autoaperfeiçoamento. São juros sobre juros, e que, a longo prazo, possuem um efeito exponencial.

Juros compostos:

  • M = Montante
  • C = Capital inicial
  • I = taxa
  • T = tempo

O tempo (hábito) é mais relevante do que a taxa (esforço).

“O sucesso é resultado de hábitos diários – não transformações únicas na vida”.

Outro figura que podemos ter mente. O hábito é como um fio sendo colocado todos os dias. Sozinho, é frágil, dá para arrebentar. Com o tempo, os fios tornam-se uma corda, difícil de partir.

Sobre as três camadas de comportamento

Devemos focar não apenas no resultado, mas na identidade.

Focar apenas no resultado é superficial. Causa desânimo caso o resultado não seja visível no curto prazo ou hábito não continuado caso o resultado seja alcançado (como já alcançou, por que continuar?).

Focar na identidade: Mudança de quem sou. O foco é quem quero me tornar. Não se trata mais de alguém que quer ler livros, mas sim de alguém com natureza de leitor.

O ciclo de Hábitos

O ciclo de hábitos é representado pela figura abaixo:

Estímulo -> Desejo -> Resposta -> Recompensa.

4 Leis para criar um bom hábito:

  • 1ª Torne-o claro (estímulo)
  • 2ª Torne-o atraente (desejo)
  • 3ª Torne-o fácil (Resposta)
  • 4ª Torne-o satisfatório (Recompensa)

4 Leis para deixar um mau hábito:

  • 1ª Torne-o invisível (estímulo)
  • 2ª Torne-o desinteressante (desejo)
  • 3ª Torne-o difícil (Resposta)
  • 4ª Torne-o insatisfatório (Recompensa)

Entrando em detalhes e exemplificando.

1. Torne-o claro

Alguns dos gatilhos mais comuns são hora e local.

Podemos utilizar esses estímulos com a estratégia do Empilhamento de Hábitos:

Ex:

Após o café da manhã irei ler 5 páginas de um livro.

Após escovar os dentes vou fazer 10 flexões.

Projete o ambiente para o sucesso.

Ex: Se quero beber água todos os dias quando acordo, eu devo deixar um copo com água ao lado da minha cama antes de dormir (ambiente projetado)

Autocontrole – Redução exposição

Se tenho um mau hábito que quero parar, dificultar o acesso. Ex. Perco muito tempo com o Tik Tok – deletar do celular. Continuo conseguindo acessar pelo notebook, porém, é um trabalho a mais, e só essa redução da exposição já vai ajudar no objetivo final.

2. Torne-o atraente

A antecipação de uma recompensa – não sua efetivação – que nos leva a agir.

Utilize a estratégia do Empacotamento de Tentação

Aqui o segredo está em colocar o hábito entre um hábito já existente e um hábito “recompensador”.

Ex. Somente após ler 5 páginas de um livro, posso acessar o Twitter.

Outra dica: busque estar rodeado de pessoas que aprovam seus hábitos – estímulo via cultura. Um reforçará o outro, num ciclo virtuoso.

“Diga-me com quem andas, e direi quem és”.

3. Torne-o fácil

O comportamento torna-se progressivamente mais automático através da repetição.

O número de execuções é mais importante que a intensidade.

Retire qualquer resistência para facilitar um hábito a melhorar.

Regra dos dois minutos – para sair da inércia.

O simples fato de quebrar a barreira de começar alguma coisa (como ler um livro), vai facilitar o hábito por mais tempo. Quando me comprometo a ler no mínimo uma página por dia, na prática, acabo lendo muito mais. Tenha esses micro-hábitos com pequena barreira de início.

Ex: colocar um tênis vs correr uma maratona

Colocar o tênis é muito mais simples do que correr uma maratona.

4) Torne-o satisfatório

O cérebro humano prioriza recompensas imediatas em detrimento das tardias.

Ex: deixou de comer fritura e foi treinar. Coloque o dinheiro que iria gastar na comida em alguma “poupança” que tenha um objetivo claro. Por exemplo: viagem com a família.

Rastreamento de hábito traz a sensação de progresso.

Quando as consequências são graves, as pessoas aprendem rapidamente.

O grande Peter Drucker terminava suas reuniões perguntando: o que você vai fazer de diferente na segunda-feira? Nesse espírito, duas perguntas, para ação imediata:

Como eu posso tornar fácil um hábito que quero cultivar?

Como eu posso tornar difícil um hábito que quero abandonar?

Link da Amazon:

https://amzn.to/3ZwOdMs

Veja também:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s