Da natureza de Escorpião

Conheço há muito tempo uma senhora, que adotou uma menina.

A senhora gostava muito da menina, sempre a tratou com o carinho de uma filha. Já a menina, não tinha o mesmo comportamento, era só rebeldia e ofensas para com a mãe adotiva.

Passados uns 15 anos, fiquei sabendo que a agora moça abandonou totalmente a mãe adotiva, indo morar na favela. Não mantém relações, não tem mais contato. Sumiu da vida da pobre senhora.

Existe uma fábula que me veio à mente, sobre a situação acima.

​ 



O sapo e o escorpião

O escorpião queria atravessar o rio, mas não havia como o fazer. Ele pediu a ajuda do sapo.

– Pode me levar ao outro lado, sapo?

O sapo, que não é bobo, retrucou.

– Mas você vai me picar com o seu ferrão venenoso

Respondeu o escorpião:

– Sapo, é claro que não. Se eu te picar no meio do rio, vou morrer também.

Como a resposta fazia sentido, o sapo concordou em levar o escorpião.

Porém, no meio do rio, o sapo sentiu o ferrão penetrando na sua pele.

– Você é maluco, escorpião? Agora nós dois vamos morrer.

– Pois é sapo. Não consegui evitar. Esta é a minha natureza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s