X-Cube – Metodologia Geral e Notação

Continuando os posts sobre o Cubo X: Introdução e “Dissecação”.

Primeiro, vamos chamar de “cubo interno” o cubo 3x3x3, sem as extensões dos lados. E vamos chamar de “cubo externo” o cubo com as extensões.

CuboInterno.PNG
Começando do cubo totalmente embaralhado, por exemplo assim:

IMG_1464.JPG

O método de solução consiste em:
1 – Colocar o cubo no formato correto

IMG_1472.JPG

2 – Arrumar o topo e as laterais do cubo externo

IMG_1474

3 – Arrumar a base do cubo externo

IMG_1487.JPG
Cada uma das etapas terá um post detalhado.

Como explicado no Dodecaedro mágico, a ideia é utilizar “padrões invariantes”. São movimentos que mantém igual a maior parte do cubo, alterando apenas uma ou duas faces.

Como é extremamente complexo resolver um cubo desses inteiro, a ideia é ir resolvendo por pedacinhos. Esses pedacinhos são os sub-grupos do grupo maior. No final das contas, resolver qualquer puzzle desses significa analisar e reconhecer padrões, só isso.


 

Notação para o cubo interno

A notação utilizada é mais ou menos igual ao do cubo normal.

Notação do cubo de Rubik. A diferença é que uso apóstrofe (‘) para indicar a inversa.

rubiks_moves.png

O Giro é sempre de 90 graus, no sentido horário.

Notação para o cubo Interno

A notação refere-se aos lados L (Left – Esquerda), R (Right – Direita), U (Upper – Acima), D (Down – Abaixo), F (Front – Frente), B (Back – Trás).
Quando se gira o lado, gira-se junto a “extensão”.

A notação com apóstrofe (‘) significa que o giro é no sentido anti-horário (ex. L’, R’, U’) e um número a seguir significa múltiplos do movimento (ex. R2, L2, F2).
A referência para as fotos abaixo é o lado branco para cima e o vermelho de frente.

L (Left – Esquerda),

IMG_1506.JPG

Note que um movimento L tira o formato em X, deixando numa configuração esquisita.

 

L’

IMG_1434.JPG

 

L2

IMG_1435.JPG

R (Right – Direita),

IMG_1430.JPG

U (Upper – Acima),

IMG_1500.JPG

 

D (Down – Abaixo),

IMG_1437.JPG

F (Front – Frente),

IMG_1439.JPG

B (Back – Trás).

IMG_1442.JPG

M (Meio no sentido de L).

IMG_1504.JPG

S (é o meio no sentido de F).

IMG_1505.JPG


 

 

Notação para o cubo Externo

 

É a mesma coisa, mas utilizando letras minúsculas. Gira-se somente a extensão.
Para os lados U e D, não existe extensão, então o movimento é o mesmo do cubo interno.

l (Left – Esquerda),

IMG_1499.JPG

r (Right – Direita),

IMG_1428.JPG

f (Front – Frente),

IMG_1438.JPG

b (Back – Trás).

IMG_1441.JPG

Cuidado para não confundir o movimento do cubo interno com o externo.


 

Os posts que virão explicarão como resolver o topo e as laterais, e por fim a base do cubo X.

 

Arnaldo Gunzi

Jan 2016


 

Bônus:
Um padrãozinho bonito para se fazer com o X-Cube.

IMG_1426.JPG

Basta fazer (M2 S2).

 

 

 

3 comentários sobre “X-Cube – Metodologia Geral e Notação

  1. Pingback: Resolvendo o Cubo X interno – Forgotten Lore

  2. Pingback: Cubo X – Topo e laterais externas – Forgotten Lore

  3. Pingback: X-Cube – Introdução – Forgotten Lore

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s