Por que a banana não tem sementes?

Subtítulo: A verdadeira guerra dos clones.

Como algo que não tem sementes se reproduz? A resposta é que parte dos bulbos da bananeira é cortada, fazendo mudas, que são replantadas.

A bananeira se propaga vegetativamente. Cada nova cópia é um clone estéril. A banana não faz sexo e nem tem variação genética há milênios.

Ora, mas se é assim, porque a bananeira produz frutos, se esses são inúteis? Por que gastar uma quantidade enorme de energia, produzindo frutos grandes, carnosos e sem sementes? Puramente para o deleite dos seres humanos?

A resposta é que a banana comercial dos nossos tempos é fruto de seleção artificial.

As bananas selvagens tinham sementes no seu fruto. A foto a seguir ilustra este fato.

A primeira banana comestível, sem sementes, surgiu há cerca de 10 mil anos, no sudeste asiático. O ser humano passou a cuidar desta espécie valiosa, e a carregar para onde ia, e este exército de clones o ajudou a dominar o mundo. O poder nutricional da banana foi extremamente útil na colonização das Américas.

Uma vantagem dos clones é a consistência de sua qualidade, afinal todas as cópias têm exatamente o mesmo DNA. A banana de hoje é a mesma de milênios. Nos dias de hoje, a espécie Cavendish representa 99% de todas as bananas comercializadas no mundo. No Brasil, ela é conhecida como banana nanica.

Uma grande desvantagem é a suscetibilidade à doenças, pragas ou variações climáticas. Se uma praga ataca um indivíduo, esta atacará facilmente toda a população. Isso, somado a milênios de evolução, torna a banana um alvo fácil.

Na verdade, essa história é tão consistente que já houve uma espécie de banana chamada Gros Michel, que era dominante até os anos 1950. Um fungo, o Mal-do-Pananá, dizimou as plantações dessa espécie, o que obrigou os produtores a adotarem outro clone, o Cavendish.

Entretanto, a natureza evoluiu, enquanto a banana, não. Uma evolução do fungo do Panamá ameaça a Cavendish, atualmente. É uma questão de tempo, sejam dezenas ou centenas de anos, para surgir na natureza alguma praga ou doença que dizime o nosso exército de clones.

Sem reprodução sexuada, fica extremamente difícil inserir modificações genéticas. Projetos de pesquisa para aprimorar a banana se tornam extremamente caros, com resultados incertos.

Fazendo uma analogia, para ilustrar o quão artificial foi a seleção. É como se um ET, ou um Titã, pegasse toda a população de seres humanos da Terra, escolhesse um indivíduo alto, obeso e sem testículos (digamos, 1,95 m com 250 Kg), e clonasse o mesmo indivíduo à exaustão. Como este não se reproduz, o Titã fica responsável por reproduzir clones via métodos artificiais.

Pelo indivíduo ter uma série de problemas, digamos diabetes, pressão alta, dor nas juntas (as características boas para o Titã não são necessariamente boas para a pessoa), ele deve receber uma dose maciça de cuidados, como remédios diversos.

O Titã e o exército de clones dominaram a face da Terra, a ponto de substituir quase todas as outras pessoas. Porém, a natureza é maior do que o Titã, e uma doença, digamos uma super gripe, começa a dizimar o seu clone favorito. Por todas as cópias serem iguais, a super gripe encontra um terreno fértil e abundante.

O Titã, vendo isso acontecer, primeiro dobra a dose de cuidados em seu clone (mais remédios), depois, tenta desenvolver resistência genética à gripe. Ele pega o punhado de seres humanos normais que sobraram, para estudar. O clone não consegue mais fazer sexo, há milênios, e seus parentes são pessoas mirradas de 70 Kg e 1,70 m, pouco atrativas ao Titã.

Há poucas alternativas. Ou surge outro clone interessante dessa população de seres humanos, ou ele deve pegar um gene resistente de algum desses mirradinhos e inserir em seu clone. Note que é uma tarefa extremamente complexa – seria muito mais viável se, desde o início, toda a população tivesse evoluído naturalmente.

Links.
https://www.conservationmagazine.org/2008/09/the-sterile-banana/

https://www.thedailymeal.com/eat/why-don-t-bananas-have-seeds

http://plantproject.com.br/novo/2018/08/global-a-luta-para-salvar-as-bananas/

https://www.yarabrasil.com.br/conteudo-agronomico/blog/tipos-de-bananas/

A Quest for the Gros Michel, the Great Banana of Yesteryear – Gastro Obscura (atlasobscura.com)

Curiosidade: A banana tem semente? – Estudo Prático (estudopratico.com.br)

Sobre o MuZero


A Deepmind é a empresa que criou o AlphaGo, a inteligência artificial que derrotou Lee Seidel, mestre do jogo Go, em 2016. É um dos marcos da evolução da IA na história, pelo Go ser ordens de grandeza mais complexo do que o xadrez.


A evolução do AlphaGo inclui o AlphaGoZero (que derrotou o anterior por 100 x 0) e o AlphaZero (este também inclui Xadrez e Shogi, e bateu o AlphaGoZero por 60 x 40).


A última evolução da família é o MuZero, capaz de aprender a jogar Go, Xadrez, Shogi (um xadrez japonês) e Atari, com desempenho top level, e sem ter as regras explicitamente ensinadas.

https://deepmind.com/blog/article/muzero-mastering-go-chess-shogi-and-atari-without-rules

Fonte: Blog do DeepMind

Seria como aprender a jogar xadrez sem ninguém ensinar. Aprender a jogar jogando, deduzindo as regras e perdendo milhares de partidas até entender as boas jogadas e desenvolver por si só a estratégia de jogo!

O DeepMind é uma empresa que dá prejuízo de uns 600 milhões de dólares por ano. Os custos incluem os computadores e o time de pesquisadores, pessoas caras, de altíssimo nível e bastante cobiçadas pela indústria.
A receita do DeepMind tende a zero, já que os projetos são em nível de pesquisa aplicada. A empresa só sobrevive por ser bancada pelo Google.


A inovação, nesse nível de liderança mundial, é assim. Bilhões de dólares investidos, muitos anos e os melhores cérebros. Além do alto risco.

Porém, são essas as empresas que constroem o futuro.


Daqui a alguns anos, estaremos utilizando ferramentas derivadas deste tipo de pesquisa aplicada. E vamos ficar pensando, “por que o Brasil não consegue chegar nesse nível?”

Veja também:

AlphaFold, dobramento de proteínas e origami (ideiasesquecidas.com)

𝗗𝗲𝗲𝗽𝗠𝗶𝗻𝗱 (ideiasesquecidas.com)

O presente é digital. O futuro será analógico.

Muito se fala do mundo digital de hoje, mas, se o presente é digital, o futuro será analógico.

Primeiro. a Computação quântica utiliza as propriedades quânticas dos átomos, como superposição e emaranhamento. Esta tem o potencial de quebrar toda a criptografia do mundo atual.

É como se eu pegasse todas as alternativas de um problema, computasse cada uma delas em paralelo e viesse apenas com a resposta correta.

Analógico x Digital (Fonte: Wikipedia)

Segundo: computação neuromórfica. Hoje em dia, temos um software digital imitando redes neurais humanas. A nova técnica procura ir direto ao ponto, criar um hardware, o memristor, que imita um neurônio biológico.

As vantagens seriam em consumo de energia e tamanho várias ordens de grandeza menores.

Todas essas pesquisas estão engatinhando, porém, o futuro é promissor.


E a terceira e melhor tecnologia analógica de todas: Cérebro humano.

Somos capazes de projetar coisas, criar as mais belas músicas, imaginar histórias, ensinar outras pessoas.

E fazer o futuro tecnológico, porém humano, acontecer.

Trilha sonora:

(98) Pink Floyd – Wish You Were Here – YouTube

De onde vêm as boas ideias – Steven Johnson

Um breve resumo do livro “De onde vêm as boas ideias”, de Steven Johnson. Este é um clássico no tema “Inovação”, popularizando termos como “possível adjacente” e “slow hunch”.

Temas:

  • Possível adjacente
  • Intuição lenta
  • Redes líquidas
  • Serendipidade
  • Ecossistema

Possível adjacente: a evolução ocorre passo a passo. De uma molécula simples que se junta à outra, formando células e depois organismos, até chegar nos seres vivos.

Uma ideia muito à frente do seu tempo não funciona. Se o Youtube tivesse surgido em 1995, não teria dado certo, já que nem internet de banda larga existia. Outro exemplo é o computador mecânico de Charles Babbage, 100 anos à frente dos computadores eletrônicos: não funcionou, por não ter os elementos necessários para tal.

Por outro lado, ocorrem múltiplas descobertas simultâneas,quando a invenção está no seu momento. Quem inventou o avião, Santos Dumont ou os Irmãos Wright? A relatividade geral é trabalho de Einstein, porém outros como Henri Poincaré também estavam chegando à mesma conclusão. Quando a inovação está “madura” para surgir, ela vai surgir.

Palpite lento. Não há momento “Eureka”. Ideias demoram tempo para amadurecer. Charles Darwin ficou décadas elaborando sua teoria da evolução.

Serendipidade para cruzar com outras ideias. Tentativa e erros, reciclagem e combinação de ideias antigas. Grandes palpites surgem à partir da colisão de pequenas ideias.

Por isso, a necessidade de redes líquidas. Redes de colaboração, lugares para ideias fluírem livremente.

Cidades são boas nisso. Os cafés e salões no iluminismo são um ótimo exemplo de espaço para ideias cruzarem e incubarem.

Ecossistema. Por fim, uma plataforma completa de inovação. Empresas, universidades formando mão-de-obra especializadas, regulação, capital de risco, tudo influencia de forma direta ou indireta.

Recifes de corais são o grande exemplo de ecossistema de inovação. Os corais envolvem dezenas de milhares de formas de vida diferentes. Cada forma de vida modifica o ambiente e possibilita que outras formas de vida surjam, nas suas cascas vazias ou consumindo os seus subprodutos.

Não dá para competir individualmente. A competição tem que ser sistêmica, como um ecossistema competindo com outro. Neste quesito, o Brasil está muito atrás.

Veja também:

Link da Amazon: https://amzn.to/3rd12dO

https://ideiasesquecidas.com/2020/07/12/6-livros-sobre-inovacao/

https://ideiasesquecidas.com/2018/09/16/por-que-segredo-da-inovacao-esta-no-ecossistema/

https://ideiasesquecidas.com/2018/03/25/algumas-palavras-sobre-inovacao/

Como ler 300 resumos por ano (de graça e de forma legal)

Bom, na verdade, o correto é “como ouvir” 300 resumos de livro por ano (de graça e de forma legal).

O segredo são serviços comerciais de resumos de livros. Conheço três: o 12 min, Blinklist e o Instalivros.

Todos os três serviços dão uma amostra grátis por dia. Um livro diferente a cada 24h, variando o assunto aleatoriamente: negócios, biografia, economia, finanças.

Os resumos são muito bons, capturando pontos principais dos livros. Em geral, são resumos que cabem em 12 min, mas alguns chegam a quase 30 minutos. Não é nada em grande profundidade, porém, é o suficiente para ter uma boa ideia dos temas discutidos, relembrar livros já lidos e avaliar se vale uma leitura mais profunda.

Gosto mais dos americanos 12 min e Brinklist. O acervo é maior e os resumos melhores do que o brasileiro Instalivros (que também é bom, sem dúvida).

Ou seja, tendo a disciplina para ouvir um resumo de cada por dia, já são 3 no dia. Nesses tempos de pandemia e home-office, assumi o hábito de ouvir esses resumos logo pela manhã, no intervalo de descanso entre tarefas.

Tento fazer essa rotina todos os dias, mas nem sempre é possível, e de vez em quando o livro é de um assunto que não interessa. Calculo que, em média, devo ter ouvido o equivalente a 300 resumos/ano, adotando a técnica citada. Nada mau.

Lembrando que resumos têm uma utilidade resumida. Eles são apenas uma boa introdução.

Para ninguém me chamar de pão-duro (o que é verdade de certa forma), em período de férias, eu assino um desses serviços, afinal, tenho mais tempo.

Eis aí uma boa dica de produtividade. Aproveitem.

Veja também:

Produtividade (ideiasesquecidas.com)

Produtividade em áudio (ideiasesquecidas.com)

Naval sobre saúde, morte e meditação

Continuação do post Naval sobre riqueza e felicidade (ideiasesquecidas.com)

==========

A realidade é que a vida é um jogo de um único jogador. Você nasceu sozinho. Você vai morrer sozinho. Todas as suas interpretações estão sozinhas. Todas as suas memórias estão sozinhas. Em três gerações, você e as lembranças de você se vão e ninguém se importa. Antes de você aparecer, ninguém se importou.

==========

Talvez uma das razões pelas quais yoga e meditação são difíceis de sustentar é que eles não têm valor extrínseco. Jogos de um jogador. Buffett tem um grande exemplo quando pergunta se você quer ser o melhor amante do mundo e conhecido como o pior, ou o pior amante do mundo e conhecido como o melhor?

==========

Se você não se vê trabalhando com alguém para a vida toda, não trabalhe com eles por um dia.

==========

Se você vê negatividade em todos os lugares, saiba que o mundo apenas reflete seus próprios sentimentos de volta para você.

==========

Política, academia e status social são todos jogos de soma zero. Jogos de soma positiva criam pessoas positivas. 

==========

Aumente a serotonina no cérebro sem drogas: luz solar, exercício, pensamento positivo e triptofano.

==========

A morte é a coisa mais importante que vai acontecer para você. Quando você olhar para a sua morte e você a reconhecer, em vez de fugir dela, veja que trará um grande significado para sua vida.

==========

Não há legado. Não há nada para deixar. Todos nós vamos embora. Nossos filhos terão ido embora. Nossos trabalhos serão pó.

==========

Os médicos não vão te deixar saudável. Nutricionistas não vão te deixar magro. Professores não vão te fazer inteligente. Gurus não vão te acalmar. Mentores não vão te deixar rico. Treinadores não vão fazer você se encaixar no time. Em última análise, você tem que assumir a responsabilidade. Salve a si mesmo.

==========

Nunca conheci meu maior mentor. Eu queria tanto ser como ele. Mas sua mensagem era a oposta: seja você mesmo, com intensidade apaixonada. Ninguém no mundo vai ganhar de você em ser você.

==========

“Não tenho tempo” é apenas outra maneira de dizer “Não é prioridade”.

==========

O que eu fiz foi decidir que minha prioridade número um na vida, acima da minha felicidade, acima da minha família, acima do meu trabalho, é a minha própria saúde. Começa com minha saúde física.

==========

A maior parte do nosso sofrimento vem da aversão. A maior parte do sofrimento de tomar um banho frio é o caminho para o chuveiro. Uma vez dentro, você está dentro. Não é sofrimento. Está frio. Seu corpo dizendo que está frio é diferente da sua mente dizendo que está frio.

==========

Eu recomendo meditar uma hora por manhã porque qualquer tempo a menos não é suficiente para realmente entrar fundo.

==========

Meditação não é difícil. Tudo que você tem que fazer é sentar lá e não fazer nada. Sente-se. Feche os olhos e diga: “Vou me dar um tempo por uma hora. Esta é a minha hora de folga da vida. Esta é a hora que eu não vou fazer nada”.

==========

Você é basicamente um monte de DNA que reagiu ao ambiente.

==========

O maior superpoder é a habilidade de mudar a si mesmo.

==========

Para ter paz de espírito, você tem que ter paz de corpo primeiro.

==========

Seja impaciente com ações, paciente com resultados.

==========

Quero viver de uma forma que se minha vida ocorresse mil vezes, Naval seria bem-sucedido 999 vezes. Não seria um bilionário, mas se sairia muito bem todas as vezes.

==========

Se há algo que você quer fazer mais tarde, faça agora. Não há “mais tarde”.

==========

Em algum nível, você está fazendo isso para aprovação social. Você está fazendo isso para se encaixar com os outros macacos. Você está se adaptando para se dar bem com o rebanho. Não é aí que haverá retorno na vida.

==========

Esteja ciente de que não há “adultos”. Todos se aperfeiçoam à medida que avançam. Você tem que encontrar seu próprio caminho, escolher, escolher e descartar como achar melhor.

==========

Na verdade, não há nada além deste momento. Ninguém nunca voltou no tempo, e ninguém nunca foi capaz de prever o futuro com sucesso de qualquer maneira que importa.

==========

Valorize seu tempo. É tudo o que você tem. É mais importante que seu dinheiro. É mais importante que seus amigos.

==========

Isso não significa que você não pode relaxar. Enquanto você estiver fazendo o que quer, não é uma perda de tempo.

==========

Não gaste seu tempo fazendo outras pessoas felizes. Outras pessoas sendo felizes é problema delas.

==========

Veja também:

https://amzn.to/3oZ0CpI

Como ficar rico (sem ter sorte) (ideiasesquecidas.com)

Naval sobre riqueza e felicidade

O Almanaque de Naval Ravikant

Segue uma promoção fantástica. Por um tempo limitadíssimo, a versão Kindle do Almanaque de Naval Rakikant está a R$ 2,90, praticamente de graça.

https://amzn.to/3oZ0CpI

Naval é um empreendedor do Vale do Silício, com inúmeras pérolas de sabedoria baseadas em seus estudos e sua experiência. A sua filosofia de vida e visão de mundo são perfeitamente alinhadas com os pensamentos deste espaço. Já escrevi alguns textos baseados no trabalho dele, como no link a seguir.

Como ficar rico (sem ter sorte) (ideiasesquecidas.com)

Seguem alguns trechos do livro. Esta é a primeira parte (de duas), para não ficar muito longo.

==========

Não é realmente sobre trabalho duro. Você pode trabalhar num restaurante 80 horas por semana, e não ficará rico. Ficar rico é sobre saber o que fazer, com quem fazer junto, e quando. É mais sobre entender do que puramente trabalho pesado.

Se você ainda não sabe no que deveria trabalhar, o mais importante é descobrir. Você não deveria fazer um monte de trabalho duro se não souber.

==========
Fuja da competição através da autenticidade.

Basicamente, quando você está competindo com outros, é porque você os está copiando, está tentando fazer o mesmo. Porém, todo ser humano é diferente. Não copie.

==========

Eu acho que o networking de negócios é uma perda de tempo total.

Se você está construindo algo interessante, você sempre terá pessoas que gostarão de saber de você.

==========


Seja um criador que faz algo interessante que as pessoas queiram. Mostre seu trabalho, e as pessoas certas um dia te encontrarão.

==========
Se alguém está falando muito sobre o quão honesto ele é, provavelmente ele é desonesto.

==========

Tubarões comem bem, porém levam uma vida cercados de tubarões.

==========

O pior resultado desse mundo é não ter autoestima. Se você não se ama, quem irá fazê-lo?

==========

Nunca acontece no momento que você quer, mas irá acontecer.

==========

Aplique conhecimento específico com alavancagem e, cedo ou tarde, você conseguirá o que merece.

==========

Você tem que gostar do que faz e continuar fazendo, continuar fazendo e continuar fazendo. Não foco em registrar, não fique contando, senão o tempo acaba.

==========

Quando você olhar para trás, no seu leito de morte, para as coisas interessantes que você fez, será tudo em torno dos sacrifícios, as coisas difíceis que você fez.

==========

Você deve fazer coisas difíceis para criar seu próprio significado na vida. Ganhar dinheiro é algo bom para escolher. Vá à luta.

==========

O dinheiro remove uma série de problemas que ficam no caminho de ser feliz, mas não fará você ser feliz. Eu conheço muitas pessoas ricas que não são felizes.

==========

Você fica rico ao economizar tempo para fazer dinheiro.

Você não fica rico gastando o seu tempo para economizar dinheiro.

==========

A direção que você está indo importa mais do que o quão rápido você se move, especialmente com alavancagem.

==========
É muito importante ter espaço livre. Se você não tem um dia ou dois toda semana no calendário, você não será capaz de pensar.

==========

Não tem como dizer o que irá funcionar. Melhor, eu tento eliminar o que não funciona.

==========

Para mim, o problema do agente-principal é o único e mais fundamental problema da microeconomia.

==========

Sobre Cisnes Negros: Há um novo ramo de probabilidade e estatística, que gira em torno de eventos extremos.

==========

Eu sempre amei ler porque, na verdade, sou um introvertido antissocial.

==========

O que você lê quase não importa. Com o tempo, você lerá coisas suficientes (e seu interesse o levará a isso) que irão melhorar drasticamente sua vida. É como o melhor exercício para você, aquele em que você está excitado o suficiente.

==========

Não se leve tão a sério. Você é apenas um macaco com um plano.

==========

Para mim, a felicidade não é sobre pensamentos positivos. Também não é sobre pensamentos negativos. É sobre a ausência de desejo, especialmente a ausência de desejos externos.

==========

O mundo apenas reflete seus próprios sentimentos de volta para você. A realidade é neutra. A realidade não faz julgamentos.

==========

Cada segundo seu neste planeta é muito precioso, e é sua responsabilidade ter certeza de que você está feliz e interpretar tudo da melhor maneira possível.

==========

Eu não ando com pessoas infelizes. Eu realmente dou valor ao meu tempo nesta Terra. Eu leio filosofia. Eu medito. Eu ando com pessoas felizes.

==========

Um erro da humanidade é acreditar que será feliz por conta de circunstâncias externas.

==========

O Desejo é um contrato que você faz consigo mesmo para ser infeliz até conseguir o que quer.

==========

Felicidade é estar satisfeito com o que você tem e você é.

==========

Confúcio diz que você tem duas vidas, a segunda começa quando você entende que tem apenas uma. Quando a sua segunda vida começou?

==========

(Continua)

Veja também:

Naval sobre startups (ideiasesquecidas.com)

Como ficar rico (sem ter sorte) (ideiasesquecidas.com)

O Mestre Arqueiro e o Mestre Telê

Ouvi uma história que provavelmente é falsa, porém, lembrei de outra história igualzinha, porém verdadeira, envolvendo o jogador Cafu e o Mestre Telê Santana.

Primeira história: o Mestre Arqueiro. Um discípulo ocidental foi aprender a arte japonesa do arco e flecha. O seu mestre, cuja filosofia envolvia o Zen, focava não no objetivo (acertar o alvo), porém, no processo (saber corretamente os fundamentos e executar os passos corretos).

Nos primeiros 4 anos de treinamento, o discípulo treinou incessantemente apenas o básico, com alvo a 2 metros de distância.

Impaciente com passos tão lentos, ele reclamou com o Mestre, cuja resposta foi: “O Caminho não pode ser medido. Qual a importância das semanas, meses e anos?”.

Frustrado, o discípulo retrucou: “Quero ver o senhor fazer o que está dizendo”.

Daí, o Mestre fez uma demonstração. Colocou uma venda nos olhos, realizou precisamente o procedimento que ensinara, e atirou, acertando na mosca, uma, duas, três vezes…


Eu pensei comigo. Essa história deve ser falsa. Apenas um conto motivacional qualquer. Porém, de alguma forma, eu já tinha ouvido uma história similar… Foi quando recordei do Mestre Telê.

Telê Santana foi o técnico mais perfeccionista do futebol brasileiro. Insistia em treinar o básico, o be-a-bá: como trocar passes, como cruzar, como chutar. Ele foi o treinador da melhor Seleção Brasileira de todas, a de 1982, que, apesar de não levar a Copa, encantou o mundo.

No início dos anos 90, Telê era treinador do São Paulo Futebol Clube. Como sempre, era obcecado pelo seu trabalho. De manhã, tirava ervas daninhas do campo. Chegou a morar no Centro de Treinamento, sem luxo algum, apenas para se concentrar no seu trabalho.

O jogador Cafu era um jovem promissor. Fisicamente era imbatível. Corria mais do que todos, sem cansar. Porém, seus chutes e cruzamentos eram um fiasco.

Telê segurava o Cafu para treinar depois dos outros. E ele ali ficava, treinando 150 cruzamentos, todos os dias.

“Cafu, você cruza muito mal”.

“Cafu, aprenda a cruzar”.

Um dia, o jogador se encheu das cobranças, e retrucou: “Então faz você”.

Telê mandou Cafu ir para a área. Pegou a bola, e fez o cruzamento, na cabeça do jogador. Uma, duas, três vezes, com perfeição. Os demais jogadores, que assistiram à cena, saíram tirando sarro de Cafu.

O esforço se pagou. O SPFC de Telê Santana foi uma das grandes equipes da história, vencendo duas Libertadores da América e dois Mundiais Interclube, derrotando o Barcelona (que tinha Guardiola como jogador) e o Milan. Tudo isso, jogando bonito.

Cafu tornou-se um dos melhores laterais da história do Brasil. Ele dominou a lateral-direita por 4 Copas do Mundo, sendo o capitão da Seleção de 2002, a do penta.

FUTEBOL – SELEÇÃO BRASILEIRA – 2002 – ESPORTES – ACERVO – Cafu, jogador da Seleção Brasileira, comemora com o troféu a conquista do título após a partida contra a Alemanha, válida pela final da Copa do Mundo de 2002, da Coréia/Japão – Estádio Internacional – Yokohama – Japão – 30-06-2002 – Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Seja arco-e-flecha, seja futebol ou qualquer outra profissão, a lição é semelhante. Ao invés de querer impacientemente alcançar o fim, cuide em construir o caminho, com firmeza e dedicação.

Trivia:
O nome de batismo de Cafu é Marcos Evangelista de Morais. O apelido veio em homenagem a Cafuringa, jogador da década de 70.

O grande Johan Cruyff, após a derrota do seu Barcelona do Futebol Total para o SPFC de Telê, teria dito: “Se for para ser atropelado, que seja por uma Ferrari”.

Cafu, o melhor do mundo, coloca o dedo na ferida – 15/01/2020 – UOL Esporte

História Em Três Cores: Telê Santana – SPFC Notícias (spfcnoticias.com)

Sapiens – O nascimento da humanidade

Li a primeira parte da adaptação em quadrinhos de Sapiens.

A obra colossal do historiador israelense Yuval Harari conta a aventura da humanidade desde os primórdios até os dias de hoje.

A transcrição para os quadrinhos é igualmente colossal. Só essa primeira parte tem 240 páginas. E há 5 partes previstas, no total!

Os desenhos são num estilo clean, agradável, ajudando a narrativa ficar fluída e engraçada.

Há uma gama gigante de temas discutidos. Pincelando um ou outro:

Homo Sapiens

Somos da espécie Homo Sapiens, porém existiram outras espécies de seres parecidos conosco: Neandertais, Homo Erectus, o Homem de Flores, e outros.

Cada qual ocupou uma região do mundo. Alguns sobreviveram cerca de 2 milhões de anos, outros, uns 300 mil anos, mas todos deixaram de existir há uns 50 mil anos atrás.

Somente o Sapiens sobreviveu. O que teria acontecido?

Há duas teorias: 1 – As outras espécies hominídeas foram assimiladas pelo Sapiens. 2 – As outras espécies foram aniquiladas, direta ou indiretamente.

Não é tão preto no branco assim. Há uma zona cinzenta, e talvez um pouco de cada tenha ocorrido. Mapeamento genético mostra que seres humanos atuais têm cerca de 2% de genes neandertais, e 6% de homo erectus.

Cérebro

O cérebro dos seres humanos é o grande diferencial, porém, este é caro em termos energéticos: uma massa equivalente a 2% do corpo e consome 20% da energia, como uma fornalha.

O custo de ter um cérebro enorme é tirar energia de músculos e do intestino. Além disso, um cabeção torna o parto arriscado para a mãe. A solução foi a mulher afinar a cintura e alongar o quadril, e o bebê nascer prematuro, necessitando de muitos mais meses de cuidado.

Essa vantagem evolutiva demorou vários milhões de anos para se pagar. O livro mostra uma cena, na qual os leões se fartam de uma presa, depois chacais e abutres, e por último, o ser humano chega para quebrar os ossos que sobraram e sugar o tutano desses. Nosso lugar na cadeia alimentar era depois de todo mundo.

Fogo

Uma das primeiras e mais poderosas ferramentas foi o fogo.

Este poderia ser utilizado para aquecimento, proteção contra predadores, e até como armadilha, ao queimar uma região florestal.

Vantagens de cozer o alimento: eliminar parasitas, facilitar a digestão.

Harari compara o domínio do fogo como o primeiro passo para a bomba atômica.

Curiosidade: Harari no Rio de Janeiro

Há uma cena que ocorre no Rio de Janeiro. Harari desembarca no Santos Dumont, toma a ponte Rio-Niterói, e chega ao Teatro Popular de Niterói para dar uma palestra.

Ficção

O verdadeiro superpoder do ser humano é se unir em bandos e coordenar ações. Isso só é possível por conta do poder da ficção.

Exemplo. A empresa Peugeot não existe de verdade. Não é o fundador original (que já morreu), nem é a composição de funcionários (que vem e vão), nem é a instalação física (muda de tempos em tempos). A Peugeot é uma entidade fictícia. Existe de verdade apenas em nossa cabeça coletiva, mas é capaz de produzir carros de verdade e mudar a vida de pessoas de verdade.

O dinheiro também é uma ficção coletiva. É apenas um pedaço de pedaço de papel, e hoje em dia, nem papel é mais, é um número no banco.

A Sociedade Anônima foi uma das grandes invenções da humanidade.


Além disso, toda a noção de normas jurídicas, países, valores, são convenções entre grupos de seres humanos, fictícios neste sentido.

Megafauna

Temos a impressão de que o ser humano caçador coletor vivia em harmonia com a natureza. Porém, nada mais longe da realidade. Desde que o ser humano moderno começou a migrar pelo mundo, uns 50 mil anos atrás, ele deixou uma trilha de animais extintos por onde passou.

Havia pelo mundo cangurus gigantes, mastodontes, preguiças gigantes, coalas que pareciam ursos, tigres dentes-de-sabre, vombates enormes. Estes sobreviveram à diversas eras do gelo, porém não sobreviveram à passagem do ser humano.

Desde sempre, o Sapiens é um devastador em série continental.

Segue o link do livro, na Amazon
https://amzn.to/3mhS7nE

Shark Tank – tubarões engolindo peixinhos

Assisti a alguns episódios de Shark Tank Brasil. O meu amigo Cláudio Galuchi já tinha recomendado faz tempo, mas eu nunca tinha assistido.

Tem coisa ali que não faz sentido para mim. A principal, é ter os “sharks” comprando 50% das startups.

Num dos episódios, um dos “tubarões” barganha agressivamente, dizendo que vai colocar o marketing, o conhecimento, e por isso, não entra por menos de 50%. Em pelo menos duas ocasiões, os tubarões se uniram para ter 60% da empresa!

Baby shark…

Pior ainda, isso numa rodada “seed”. Não sobra nada para uma próxima rodada de investimentos, virtualmente limitando o crescimento de algo que deveria escalar tremendamente ao longo do tempo. Ou o negócio não era escalável mesmo, contrariando a própria definição de startup dada pelo programa.

Ter mais de 50% do negócio transforma o empreendedor em um empregado. Uma coisa é eu ter um negócio, a pele no jogo de fazer isso acontecer. Outra coisa é ter o “tiburón” ganhando mais do que eu, e podendo tomar todas as decisões. Essa atitude mata o “olho do dono”.

Ainda mais, para o “tubarão”, a startup é só um negócio pequeno. Não vai sobrar tempo, paixão e recursos para tomar conta do negócio, não com a mesma intensidade dos fundadores originais. É a armadilha do “dilema do inovador”.

Na verdade, parece que o objetivo dos “sharks” ali é outro: engolir as “sardinhas” que aparecem, eliminando a concorrência…

Veja também:

O Dilema do Inovador (ideiasesquecidas.com)

Algumas palavras sobre Inovação (ideiasesquecidas.com)