Nomes: criação e destruição

“O Mar da cor vinho-escuro” é a frase usada por Homero,  na Odisseia, há cerca de 2800 anos. Por que ele não usou “mar azul escuro”? Porque a cor azul não existia.

odyssey_cover_400px.jpg

Esclarecendo a afirmação acima.

Em 1858, um acadêmico chamado William Gladstone notou que esta não era a única referência estranha a cores. Ferro e ovelhas eram violetas, mel era verde.

Gladstone decidiu contar as referências a cores. Preto é mencionado umas 200 vezes, e branco, umas 100. Mas não tinha azul. Ele procurou em outros textos gregos, mas não encontrou. A palavra “azul” não existia.

 

O que acontece é que eles não tinham um nome para a cor azul. E, por isso, tinham que descrever o mar azul, que viam no mar à frente de seus olhos, de outras formas.

 


 

O poder dos nomes

Nomes criam a realidade, à medida em que focam a atenção das pessoas para alguma coisa, padronizam um conceito.

Todas as pessoas têm um nome, todas as empresas têm um nome. Um ovelha sem nome é uma ovelha qualquer dentre tantas outras, a ovelha “Dolly” é única.

Uma ideia qualquer é apenas uma ideia, já a “Teoria da Evolução de Darwin” é A Idea.

Um primeiro erro que podemos cometer é não dar nome a novos produtos, ideias e conceitos que são criados.

 


O Tao dos nomes

Por outro lado, o poder dos nomes é tão grande que tem a capacidade de ofuscar o que não tem nome.

A cor azul descreve não só o azul, mas azul claro, escuro, e uma miríade de cores possíveis. Os gregos eram cegos em relação ao azul, mas será que nós mesmos não somos cegos em relação à alguma nova cor, ou uma nova ideia?

O segundo erro que podemos cometer é olhar só para o que já existe, e deixar de notar que o mundo anônimo é infinitamente maior do que o mundo “nônimo”.

 


Criar e destruir

Primeiro, deve-se criar nomes para descrever novos processos, conceitos, ideias, empresas.

Depois, deve-se destruir esses nomes, para não ficarmos presos a eles.

 


Referências

https://en.wikipedia.org/wiki/Studies_on_Homer_and_the_Homeric_Age

http://www.businessinsider.com/what-is-blue-and-how-do-we-see-color-2015-2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s