Bicicletas motorizadas e que se dane a crise!

Um dia, ouvi uma história sobre dois velhinhos.

 

Os dois tinham sofrido com uma doença grave. Mas o primeiro, depois de alguns anos, estava alegre e saudável. Ele tinha encarado a superação da doença como uma nova oportunidade para fazer muito mais coisas boas em sua vida.

 

Enquanto isso, o segundo velhinho estava a se amargurar pelo que tinha perdido com a doença. Estava sempre a reclamar da vida, de sua saúde e das outras pessoas que não o ajudavam.

 
O Brasil atual vive uma crise econômica, política e moral. Mas a melhor postura para a crise é pensar que não há crise. A crise existe sim, mas não vou me deixar abater por ela. Vou procurar soluções ainda melhores, mais criativas, mais baratas, mais efetivas. E que se dane a crise!
 

crise

 

Toda ameaça também guarda inúmeras oportunidades.

Motos Honda

Hoje em dia, quem vê um carrão bonito da Honda não tem nem ideia de como tudo começou.

 

Soichiro Honda, o fundador da fábrica de carros Honda, teve duas fábricas destruídas pelos bombardeiros americanos na Segunda Grande Guerra (ele fazia peças de guerra para aviões e máquinas japonesas).  Com o fim da guerra, passou a fabricar motos. Na verdade, ele não começou com motos, mas sim com bicicletas motorizadas. Por que bicicletas motorizadas? Porque não não havia muita gasolina disponível, e as pessoas tinham que continuar a se locomover de alguma forma.

 

HOnda

 

Criar bicicletas motorizadas foi uma solução de custo muito baixo, que atendia a uma população carente de um país completamente destruído.

 

De um ponto de vista muito prático, há situações em que podemos fazer pouco, e outras em que podemos fazer muito. O meu poder é pequeno para acabar com uma crise governamental. Mas o meu poder é grande para buscar novas soluções, novas tecnologias, novas ideias, ajudar os outros e a mim mesmo, e assim, indiretamente, ajudar a passar por uma crise.

 


Nota: a lenda de que o ideograma chinês de crise significa “ameaça + oportunidade”, não é exatamente  verdadeira. Mas mesmo assim a ideia é válida.

 

Fonte: O trecho da história do Honda e a foto das bicicletas motorizadas é do livro “Honda por Honda”, Ed. Sigla, uma das raridades de minha biblioteca.

 

Um comentário sobre “Bicicletas motorizadas e que se dane a crise!

  1. Pingback: O índice X-Men de Inflação – Forgotten Lore

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s