Ganhos irrisórios

Mais um viés do ser humano é lutar ferrenhamente por ganhos locais e irrisórios, e se conformar em perder globalmente valores muito maiores.

Um exemplo do primeiro é no trânsito: fechar a entrada do carro vizinho, dirigir agressivamente fazendo fila dupla ou até tripla! Globalmente, todos perdem. E, numa cidade como São Paulo, com o trânsito a cada dia pior, vira um ciclo vicioso: se você não desrespeitar também fica para trás.

Um exemplo do segundo caso é a inflação. A inflação pode ser considerada uma forma de o governo financiar os seus gastos com o dinheiro dos contribuintes, sem estes nem perceberem. Quando a inflação está alta demais, tem algo errado. Mas este caminho é tão tortuoso e indireto que é difícil distinguir entre contribuir para a nação e ser roubado pelo governo.

Um ladrão que rouba a sua carteira é ruim, mas em termos de quantidade, é muito, muito menos que você paga para o governo, seja através de impostos ou de inflação.

Portanto, não ligue muito para perdas e ganhos pequenos do dia a dia. Não igue para o açougueiro que te deu troco errado ou o moleque que riscou seu carro. Isto tudo é muito pequeno, perto de outros fatores globais, como votar corretamente e apoiar políticas e pesos sérias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s