O problema do peru

Um peru é alimentado por 1000 dias.

É de forma irregular, às vezes mais, às vezes menos, mas em geral, o resultado é positivo. Ele está todo feliz, confiante de que vai continuar assim…

Até que, no 1001º dia, ele vai para o forno.

Um gráfico do peru seria como o da foto abaixo.

Um único detalhe: este é o Índice Bovespa de 1 ano! A queda é o resultado dos últimos poucos dias, onde ocorreram 3 circuit breaks.

O peru conheceu um Cisne Negro, um evento de alto impacto e baixa probabilidade, termo criado pelo filósofo Nassim Taleb.

Este tipo de evento não é modelável. Não é recorrente, não há dados históricos.

Também é pouco útil tentar prever o futuro – impossível prever quando o peru vai para o forno!

O que é possível é detectar a fragilidade de um sistema (mais complexo, maior, inchado).

É possível tomar medidas de precaução: seguros, planos B, redundâncias, reservas em investimentos seguros e pouco rentáveis.

Infelizmente, o mundo está cada vez mais otimizado, e seguros são vistos como desperdício ou falta de agressividade… até o dia em que o Cisne Negro chega.

Taleb é o autor que mais admiro no mundo atual. Vale a pena ler suas obras.

Mais links:

Cisnes Negros

O colapso das sociedades complexas

Corona vírus e Cisnes Negros

Um cisne negro é um evento de baixa probabilidade, porém um impacto altíssimo. Depois que ocorre, muita gente diz que era previsível.

O corona vírus e problemas com petróleo, desencadearam nos últimos dias uma queda acentuada e rápida nas bolsas, culminando num circuit break na B3 hoje. Houve circuit break nos EUA também, o que mostra que este não é um problema só daqui. Talvez haja muito mais por vir, nos próximos meses. É um bom exemplo de cisne negro.

Algo importante a ser enfatizado. Este tipo de evento só ocorre se o sistema como um todo já estiver frágil. O mercado mundial, com dinheiro barato (não para todo mundo, só para quem tinha acesso a este) proveniente de juros baixos, estava criando distorções como startup bolhas (como a da Tesla, que valia mais do que a GM e a Ford, o supervalorizado WeWork, a Uber que só dá prejuízo). Vide este vídeo do economista Fernando Ulrich, de 9 meses atrás: https://www.youtube.com/watch?v=zpHmV1hXaaA.

A partir de um sistema frágil, pode-se inferir que algo pode perturbá-lo. É impossível dizer quando isto ocorrerá, ou o que o causará – ninguém tem bola de cristal para prever o futuro. Entretanto, algo que pode ser feito é se preparar para esses momentos de fragilidade: diminuir a exposição a riscos catastróficos, ficar na retranca, ter seguros e opções B.

Vide:

https://ideiasesquecidas.com/2017/08/09/a-teoria-dos-cisnes-negros/

https://ideiasesquecidas.com/2018/03/02/%e2%80%8bskin-in-the-game-pele-no-jogo-de-nassim-taleb/

https://ideiasesquecidas.com/2020/02/29/como-ficar-rico-sem-ter-sorte/

https://images-na.ssl-images-amazon.com/images/I/61tYtIS3SmL.jpg