Naval sobre startups

Algumas reflexões interessantes de Naval Ravikant, empreendedor e investidor, sobre startups.

Pessoas com mentalidade de fundador não conseguem descansar quando um problema ou oportunidade é identificado.

A mentalidade de fundador significa não ligar para quem leva o crédito.

Há demanda global ilimitada pela mentalidade de fundador.

As startups não morrem quando acaba o dinheiro, mas quando acaba a energia dos fundadores.

Na corrida olímpica das startups, o primeiro lugar consegue o monopólio, o segundo consegue uma medalha, e não há terceiro lugar.

Antes de procurar um produto ideal para o mercado, assegure que tem paixão pelo produto. É uma longa jornada.

Empreendedores procuram pela “ideia”, a isca que os prendem pelos próximos 5 anos. Em que prisão você gostaria de estar? O que você ama fazer?

Quando construindo uma startup, a microeconomia é fundamental e macroeconomia é entretenimento.

Investidores têm incentivos diferentes que os fundadores.

O que um investidor procura num grande fundador é comportamento irracional, que o próprio investidor não faria. Ex. Trabalhar 80 horas por semana por 10 anos, risco de quebrar, diversificação zero.

A última frase acima me lembra um pensamento de Napoleon Hill: “Quando um homem deseja algo tão profundamente a ponto dele arriscar a sua vida inteira em um único número na roleta da vida, ele certamente vencerá”.

Veja também:
https://ideiasesquecidas.com/2020/02/29/como-ficar-rico-sem-ter-sorte/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s