4 biografias nota 10

A seguir, uma lista de biografias extremamente inspiradoras, que valem cada segundo investido.

  1. Steve Jobs, de Walter Isaacson.

É a biografia oficial do icônico fundador da Apple, a pessoa que revolucionou a história dos computadores pessoais (Apple II, Macintosh), a indústria de música (com o iTunes e iPod), o cinema (com a Pixar) e os dispositivos móveis (iPhone, iPad).

O livro narra não apenas o lado perfeccionista e designer, mas também vários aspectos de sua vida pessoal, incluindo diversos problemas – no final das contas, ele era apenas humano.

Em uma frase: Deixe a sua marca no universo!

Adendo: O livro a seguir é uma alternativa, bem resumida: Como Steve Jobs Virou Steve Jobs.

E o discurso de formatura da turma de 2005 de Stanford, é uma obra-prima!

2. Albert Einstein: O gênio mais pop de todos os tempos. Conta a história de Einstein desde quando adolescente, fascinado com revistas científicas. Fala da faculdade, do casamento, e da época que ele era um funcionário de segunda classe numa função burocrática e escondia suas anotações quando o chefe chegava perto.

Em seu “ano miraculoso” publicou 4 artigos extremamente profundos – um deles, a Teoria da Relatividade Especial, um outro, do efeito fotoelétrico, que lhe rendeu o prêmio Nobel. Anos depois, a Teoria da Relatividade Geral viria a abalar as fundações da Física, do tempo e do espaço!

3. The everything Store. Conta a história da Amazon, que é indissociável da história de seu fundador, Jeff Bezos. Ele é retratado como um homem de ação, agressivo, ambicioso – mas todos os criadores são ambiciosos.

O nome “Amazon” vem do rio amazônico, em alusão ao seu tamanho, o maior do mundo.

A Amazon começou com livros, porém desde sempre a ideia foi expandir para um e-commerce. Primeiro, vender um livro sobre caiaques, depois o caiaque, inscrições de corridas de caiaque, reservas de viagens para andar em caiaques – uma loja de tudo, no final.

Outro ponto que mostra a obsessão de Bezos. Nas entrevistas, se o candidato falar em harmonia, balanço entre vida pessoal e trabalho, ele estava fora. O perfil desejado era de alguém que dedicasse o sangue ao trabalho.

O Walmart é a grande inspiração da Amazon. Alta eficiência em custos, incluindo espremer fornecedores e pressionar funcionários, gerando qualidade e preços baixos ao consumidor final, o grande beneficiado.

Vários outros serviços surgiram: o web services, um mecanismo de busca próprio, o turco mecânico, o Kindle.

Um exemplo interessante é o Amazon Prime. Devido ao requerimento de uma logística altamente sofisticada, o Prime passou muitos anos dando prejuízo. Bezos bancou o Prime, até este crescer da forma que conhecemos hoje: eficiente, barato ao consumidor final e agregando outros serviços, como o Prime Video.

4. AliBaba: The house that Jack Ma built

É um livro bastante surpreendente.

Jack Ma, o lendário fundador do AliBaba, é uma pessoa simples. Não tem educação formal. Fez a carreira toda sendo subestimado.

Ele é alguém esperto, não inteligente. Ele mesmo diz que não entende uma linha de código, nem sabe os detalhes da tecnologia que permite a internet.

Por isso mesmo, Jack utiliza uma linguagem fácil, recheada de exemplos da cultura pop chinesa e americana.

Um exemplo. Jack viu o filme Forrest Gump e adorou o filme. “Sempre que estou frustrado, assisto àquele filme”, diz. Forrest Gump é alguém que nunca se deu bem na escola, mesmo assim conseguiu empreender. E nunca deixou de ser ele mesmo, o mesmo Forrest apaixonado pela mesma garota da adolescência.

“Ora, você é bobo? O Forrest Gump nem existe de verdade”, já disseram a Jack, cuja resposta foi algo como: “Não importa, o exemplo é válido assim mesmo”.

O livro conta como Jack Ma aperfeiçoou o inglês, ao ser guia turístico voluntário de turistas estrangeiros. Além do inglês, o esforço rendeu vários contatos.

Ao visitar os EUA, ele conheceu e se fascinou pela internet. Ele também notou que não havia nenhuma página chinesa na internet da época.

Ele foi um dos primeiros a querer trazer a internet para China. Primeiro, o China Pages, que construía páginas para os negócios chineses. Depois, o AliBaba. O livro também mostra a interação dele com Jerry Yang, do Yahoo, e Masatoshi Son, do fundo Softbank.

Frases:

“Hoje é brutal, amanhã será brutal, depois de amanhã será bonito. Muitos não sobreviverão.”

“O curto prazo não importa.”


Deixar sugestões de outras biografias interessantes nos comentários.

Vide também:

https://ideiasesquecidas.com/2020/04/11/winston-churchill-o-destino-de-uma-nacao/

https://ideiasesquecidas.com/2018/05/26/steve-jobs-em-40-frases/

https://ideiasesquecidas.com/2019/04/10/einstein-era-um-matematico-mediocre/

https://ideiasesquecidas.com/2020/03/15/como-saber-ingles-ajudou-jack-ma/

2 comentários sobre “4 biografias nota 10

  1. Pedro Arká

    Estou lendo a de Leonardo da Vinci, também do Isaacson. Excelente!

    Uma menos conhecida, mas que gosto muito é “Sempre em movimento” (On the move). Autobiografia do sensacional Oliver Sacks, um neurocirurgião que ficou famoso por vários livros sobre os casos muito peculiares de seus pacientes. “O homem que confundiu sua mulher com um chapéu” é um bom exemplo dos livros que ele escreveu.

    Link do Sempre em Movimento
    shorturl.at/diFWX

    Link do O homem que confundiu sua mulher com um chapéu
    shorturl.at/oquDK

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s