As Linguagens de Analytics

No último fórum da Informs (a mais importante associação americana de Operations Research), em Chicago, citaram Pythons umas 6 vezes, Excel também umas 6 vezes, Java uma vez (de um fornecedor que disse que estava mudando para Python), R nenhuma mênção.

Isto mostra a força do Python como a língua franca do Analytics da atualidade.

O pessoal que citou Excel o fez metade das vezes para falar mal, outra metade para dizer que o usuário final utiliza. Isto mostra a resiliência do Excel, que apesar de todas as críticas, continua firme e forte nas grandes corporações – por seu poder e facilidade de uso. Há até uma piada que diz: “Todo o sistema financeiro mundial é baseado em Excel”.

Um último comentário: no final das contas, não interessa muito a linguagem, e sim ter uma base teórica forte e capacidade de execução. Linguagens e ferramentas vêm e vão. Até hoje tem gente utilizando Fortran muito bem, por exemplo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s