Uma fábula de Esopo e um conto chinês

Tem uma fábula de Esopo que é assim. Tinha uma minhoca que invejava o tamanho de uma serpente. A minhoca esticou-se muito para ficar do mesmo tamanho da serpente. Só que esticou-se tanto que acabou se arrebentando em dois pedaços.

Isto me lembra um conto chinês, mais ou menos assim. Havia um rapaz que estava desiludido com a vida, porque não tinha casa, não tinha sucesso, e invejava aqueles que tinham. O mestre convidou o rapaz para ver a paisagem. 

– Olhe lá. Temos uma árvore grande e outra pequena. Você acha que a árvore pequena se importa com o tamanho da árvore grande?

– É claro que não. Cada uma é diferente da outra, e não importa o tamanho da árvore. 

– Sim. Cada um tem as suas características que vieram de nascimento e da natureza. E cada um segue o seu caminho, sem se importar com o outro. 

A moral da história é viver a sua vida, sem se importar com os sucessos ou fracassos dos outros. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s