Pedras rolando

Diz Sun Tzu: “é da natureza de pedras e troncos que rolem do alto do morro, cabe ao comandante aproveitar as características da situação”. Ou seja, conhecendo-se as pessoas, o comandante deve aproveitar a natureza destas para alocá-las em suas funções: aproveitar as características de quem é impetuoso quando é necessário, ou colocar no comando alguém mais prudente quando a situação demanda. Se preciso de cálculos complexos, chamo o melhor matemático, seja ele gordo, feio, com dificuldades de comunicação, etc. Se preciso de alguém para redigir um texto, chamo o melhor jornalista, seja ele covarde, nervoso ou alucinado.

Peter Drucker, mais de 2000 anos depois, dizia: deve-se aproveitar os pontos fortes das pessoas, porque os pontos fracos serão compensados pelos demais da equipe. É mais fácil alguém bom assumir a excelência que o mediano atingir um nível bom.

Por mais que algumas palavras pareçam simples, e até óbvias, elas são seguidas por poucos, porque o mundo real tem situações nebulosas, complexas.

Exemplo: se alguém é extremamente bom em matemática, mas péssimo em português, seria o caso dele gastar o tempo dele aprendendo português para ficar na média ou matemática para ser um dos melhores do país? Na esmagadora maioria dos casos, na maioria das escolas, a resposta é aprender português para ficar na média. Até porque ele tem que tirar no mínimo 5 para passar. Não é a toa que a escola é uma instituição anacrônica, sempre uns 20 anos atrasada em relação ao mundo real. Por que não instituir um sistema em que, tirando 10 em matemática e 0 em português, o aluno fosse aprovado por ter média 5?

É impressionante como os gerentes escolhem funcionários pensando na média. O fulano “A” é muito bom, mas não sabe falar bem. Já o “B” é mais ou menos bom, mas é legal. Então, vou escolher o “B”.

Conheci um diretor que escolhia a equipe exatamente do jeito que Drucker fazia. A equipe dele tinha vários perfis, alguns até conflitantes (onde cabia a ele gerenciar e chegar num meio termo). Mas, concluindo, a equipe dele era melhor com que já trabalhei, após anos de consultoria em mais de 10 empresas diferentes.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s