Castelo de Ouro

Na época da China dos Três Reinos, havia um lorde de guerra chamado Dong Zhuo, que acabou dominando militarmente todo o país.

O imperador era um mero fantoche, pois o lorde exercia todo o poder de fato. Mandava e desmandava. Era tirânico e cruel para com a população, e executava sumariamente quem resistia, se opunha ou simplesmente o desagradava.

O lorde mandou construir um castelo magnífico, maior que o do imperador. Era todo coberto de ouro e prata.

O castelo tinha área enorme, com inúmeros aposentos dos mais diversos tipos. Tinha cofres com várias toneladas de ouro e inúmeros tesouros de outras terras: joias, tapetes, vasos, estátuas. Tinha serviçais aos milhares. Tinha 800 concubinas para servir o lorde. O castelo tinha um estoque de grãos para 20 anos, a fim de suportar uma guerra.

Nem se você ganhasse na mega sena em todas as semanas seguintes da sua vida seria possível acumular tanta riqueza.

E o que aconteceu com Dong Zhuo, anos depois? Foi traído e apunhalado por um dos seus subordinados mais leais, considerado um filho adotivo.

No final das contas, o lorde não usou um milionésimo do seu tesouro, não teve um amigo verdadeiro sequer entre os milhares de bajuladores à sua volta, não paquerou de verdade nenhuma de suas concubinas, não precisou de 20 anos de rações estocadas, não foi amado pelo próprio filho. Não viveu em seu castelo de ouro, mas num castelo construído e destruído por intrigas, assassinatos e traições.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s