Não alimente os pulgões do jardim

Cuidar da sua mente, de um blog, ou do espaço pessoal, é como cuidar de um jardim.

Requer esforço, tempo, paciência. Limpar, cultivar sementes, cuidar das plantas.

E as ervas daninhas e os pulgões?

Estes devem ser combatidos. Bloqueados. Retirados.

Não devem ser alimentados. Não devem ficar livres para atacar outras plantas.

Porém, vejo muitos fazerem exatamente o oposto: alimentam os pulgões, dão atenção, e estes vêm em dobro na próxima. São como vampiros, gostam de sugar a energia dos outros.

É muito difícil construir, e fácil destruir. É muito difícil ter paz, e fácil bagunçar tudo. Os pulgões vivem da destruição do que foi construído, de tirar sarro e desvalorizar os outros.

Não alimente os pulgões da sua vida.

E, no final do dia, aproveite o seu belo jardim com flores e frutos.

Veja também: