Lista de alguns pequenos desafios

Propus para o meu amigo Marco Lima os dois primeiros desafios abaixo. Na verdade, foi o oposto, ele propôs que eu propusesse alguns desafios. Achei a ideia muito boa.

No caso dele, me propus a ser um coach, no sentido de acompanhar a evolução destes trabalhos a cada 2 semanas.

Por restrições de tempo e energia, não consigo fazer o mesmo para todos. Mas fica aqui uma lista de alguns pequenos desafios, para inspiração.

  1. Fazer um real pela internet
    Vender algum produto pelo Mercado Livre, um livro pela Amazon, vender serviços de alguma forma, receber comissão por recomendar algum produto. Há inúmeras maneiras de fazer alguma transação pela internet.

  1. Escrever um texto para blog
    Pegar um livro de interesse, fazer um resumo de uma página do Word e publicar em algum blog (ou criar um blog). Ou publicar no LinkedIn, também é algo excelente.

  1. Tomar um não
    Baseado na Terapia da Rejeição de Jia Jiang (link abaixo), fazer um pedido relevante a alguém e tomar um não. Aproveite para pedir algo bem difícil de conseguir (um aumento, um curso, um emprego no Google, um encontro com uma moça charmosa).

Leia a técnica primeiro:
https://ideiasesquecidas.com/2021/01/30/meta-ser-rejeitado-100-vezes/

  1. Arrumar a gaveta
    É algo trivial, porém minha gaveta era extremamente bagunçada, até eu seguir a técnica de Marie Kondo – que também não tem nada de mais. A única restrição é pegar e fazer mesmo.
    https://ideiasesquecidas.com/2020/02/17/tres-indicacoes-de-literatura-em-quadrinhos/

Se arrumar a gaveta for um desafio muito fácil, substituir por alguma tarefa doméstica que está há meses parada por falta de tempo e prioridade, e usar um fim de semana para completá-la. Digamos, pintar o quarto, arrumar a cerca, jogar móveis velhos e quebrados (em SP existe o Ecoponto para tal).

  1. Bom humor
    Pegar uma reunião tensa, tentar entrar e sair dela com bom humor.
    Como dizem, é mais fácil falar do que fazer. Porém, é uma boa estratégia tentar.

  1. Doe sangue e convide 2 outras pessoas a fazê-lo também
    Doar sangue é simples, basta ir ao locais de doação e doar. Nesses tempos de pandemia, os estoques de sangue estão em baixa.

Dúvidas: https://www.doesanguedoevida.com.br/

  1. Tente renegociar alguma conta (internet, celular, aluguel, anuidade de cartão)

Para muitos desses serviços, os meses passam, os reajustes vêm, e a gente paga no automático ou nem sabe que está pagando. Várias vezes, basta relembrar, ligar e renegociar.

Pior ainda é pagar algo que não usa. O meu pai pagou por anos um pacote de turismo que dava desconto em viagens, e nunca usou…

Hoje em dia, vale o mesmo para serviços de streaming. Netflix e outros: o plano atual está exagerado? Menos telas e menos resolução podem resolver. O Spotify está caro? Tem outras, a Deezer é muito boa, Amazon Prime Unlimited também.

  1. Pegue algo que esteja sobrando e doe para instituições ou para algum jovem.

Equipamentos que ficaram obsoletos para nós (computador, tablet, celular, iPod) podem ser úteis para outras pessoas.

O mesmo vale para livros, produtos em bom estado, móveis seminovos. Há várias instituições que aceitam doações.

Doe

https://www.exercitodesalvacao.org.br/

  1. Fique um dia inteiro offline. Sem computador, celular, nada
    É possível sobreviver sem internet – era a vida de todos 20 anos atrás.

  1. Trabalhe um fim de semana no seu sonho
    Sabe aquele trabalho sonho que está na gaveta desarrumada do item 4? Dedique um fim de semana para trabalhar nele, começar a tirar do papel. Não são vários fins de semana, é um só, um mini-projeto com prazo curto. Saia com um protótipo rodável.

Escolha um ou dois da lista e vá em frente.

Lançar e topar desafios é fácil, fazer é bem mais difícil. Por fim, publique em algum lugar como foi essa experiência, a fim de criar um incentivo para você e para outras pessoas a estarem fazendo o mesmo.

O couro do Leão de Nemeia

O primeiro dos 12 trabalhos de Hércules foi contra o Leão de Nemeia. Este leão era extremamente feroz, e tinha uma couraça muito dura. Tão dura que nenhuma flecha ou lança conseguia penetrar, de forma que usar armas era inútil.

The_Lion_of_Nemea_(The_Nemean_Lion).jpg
Depois de uma longa luta, Hércules conseguiu matar o Leão de Nemeia estrangulando-o com as mãos nuas.

Após vencer este grande desafio, Hércules tirou o couro pesado do animal e passou a vesti-lo, desta forma ficando mais forte ainda.


O segundo trabalho de Hércules foi contra a terrível Hidra de Lerna, um ser com cabeças de cobras, tão venenosa que o seu sangue era puro veneno. Corte uma cabeça, e duas surgirão no lugar. Corte duas cabeças, e quatro surgirão no lugar.  O jeito encontrado por Hércules foi cauterizar com fogo o local tão logo a cabeça era cortada, para impedir que outras cabeças surgissem.

Hydra.jpg
Depois que Hércules venceu a Hidra, ele banhou as suas flechas no sangue venenoso, obtendo uma arma mais forte ainda.


 
A moral da história é que Hércules se propunha a desafios enormes, e a cada difícil batalha vencida, ele tornava-se cada vez mais forte. Sempre se aprende algo ao encarar grandes desafios.

 


Obs 1. Depois que Hércules morreu, um tal de Philoctetes herdou o arco e as flechas envenenadas com o sangue da Hidra de Lerna. Na Ilíada conta-se que, já no finzinho da Guerra de Troia, Philoctetes usa as flechas envenenadas para abater Páris, o príncipe troiano que raptou Helena e começou toda a confusão.

Obs 2. Na batalha contra a Hidra, Hera envia um caranguejo para atrapalhar Hércules. O caranguejo atacou Hércules, que imediatamente deu um pisão no caranguejo, estraçalhando-o. Em homenagem ao caranguejo, Hera criou a constelação de Câncer.

cancer__the_crab_by_fireberd904-d3gw4m7.jpg