A Rainha Vermelha comanda as nossas vidas

A hipótese da Rainha Vermelha é um conceito utilizado em biologia evolutiva, para indicar que as espécies devem estar em constante adaptação, para sobreviver contra outras espécies, também em constante evolução. A hipótese da Rainha Vermelha foi criada por Leight Van Valen, tomando como referência uma passagem de “Alice através do espelho”, de Lewis Carroll.

Um resumo:

Alice estava correndo de mãos dadas e a Rainha continuava gritando: “Mais rápido! Mais rápido!”, mas Alice estava no limite. O curioso é que as árvores e a paisagem ao redor não mudava de lugar. Não importa o quão rápido, nada se movia”.

Após notar que não tinham saído do mesmo lugar o tempo todo, Alice indagou: “Em nosso país, você normalmente chegaria a um outro lugar após correr rápido por muito tempo, como fizemos”.

“Um país lento”, disse a Rainha. “Aqui, você vê, é necessário correr o mais rápido que você puder para continuar no mesmo lugar.”

Exemplos da biologia.

Uma espécie de raposa que adquire maior velocidade consegue capturar mais coelhos. Disso, apenas os coelhos mais rápidos sobreviverão, e a próxima geração de coelhos também será mais rápida, anulando a vantagem competitiva da raposa.

Espécies que não conseguem acompanhar o ritmo tendem à extinção.

Uma tribo pré histórica que aprender a construir um muro, terá uma vantagem competitiva – enquanto as tribos rivais não imitarem e superarem a sua técnica de construção.

Exemplo mais moderno. Linguagens de programação e ferramentas tecnológicas em geral: Cobol, C, Visual Basic, Java, Javascript, Python, Ruby. Mal surge uma, poucos anos depois alguma outra linguagem mais avançada e com alguma vantagem competitiva já ameaça o seu posto.

A mesma coisa no mundo dos negócios. O modelo de negócios deve evoluir de acordo com a evolução do ambiente, sob o risco da empresa ficar para trás: exemplo clássico da Blockbuster superada pela Netflix, que ela teve a oportunidade de comprar anos antes, ou um Yahoo superado pelo Google, e assim sucessivamente. Jornais e revistas em papel estão com os dias contados. Grandes impérios de comunicação e entretenimento sendo superados por um exércitos de Youtubers e influenciadores.

Em nível pessoal, a mesma coisa. Um título de graduação não é hoje um grande diferencial, talvez uma pós possa dar alguma relevância maior. Inglês, pacote Office são exigências básicas, além de habilidades interpessoais, trabalho em equipe, liderança. Assim mesmo, nenhum título garante que o contratado vá desempenhar bem, em verdade, é necessário continuar correndo o mais rápido possível, imerso que estamos no mundo da Rainha Vermelha.

Já dizia o grande escritor Will Durant, “A primeira lição biológica da história é que a vida é competição”.

Veja também:

O autor Matt Riddley tem um livro inteiro sobre o tema, intitulado “The Red Queen”, sobre evolução e o papel do sexo. https://amzn.to/3h4hxF2

Um comentário sobre “A Rainha Vermelha comanda as nossas vidas

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s