O declínio da Wikipedia

Enciclopédias

Na casa dos meus pais, tem uma coleção de 20 livros gigantescos de uma Enciclopédia chamada Mirador. Usei esta enciclopédia pouquíssimas vezes, mas sempre que usei, achei um saco: letras pequenas, um linguajar mais acadêmico do que cotidiano, inúmeros detalhes que nem interessam tanto.

enciclopedia-mirador-21-volumes-21237-MLB20207600549_122014-F.jpg

A Enciclopedia Britannica foi a mais famosa das enciclopédias.

britannica-decoder-blog480.jpg

 

A Wikipedia surgiu em meados dos anos 2000, e as enciclopédias morreram alguns anos depois. Em pouco tempo, as pessoas viram que 20 edições capa dura impressas, com umas 1000 folhas em cada, custando milhares de reais poderiam ser substituídas por um conhecimento on-line, grátis e atualizado instantaneamente.

Um dos criticismos que surgiram nesta época foi a de que a Wikipedia era anônima. Ninguém se responsabilizava pela informação ali contida, enquanto uma Enciclopédia como a Mirador tinha o respaldo de centenas de acadêmicos.

Com o tempo, viu-se que os mecanismos da Wikipedia para auto-regulação funcionavam bem. O corpo de conhecimento de dezenas de milhares de pessoas do mundo inteiro superou em muito o conhecimento dos acadêmicos das enciclopédias. Viu-se que a informação da Wikipedia funcionava na prática, era milhares de vezes mais rápido, mais atualizado e mais barato usar a Wikipedia do que uma outra enciclopédia em papel.

ba2abdcdc.jpg

Outra grande vantagem da Wikipedia era a de que ela era compreensível: usava uma linguagem mais coloquial e focava nos pontos principais, cumprindo a missão de transmitir uma informação clara aos leitores. As enciclopédias morreram. Ponto final.


A Wikipedia vira uma Enciclopédia

É março de 2016, a Wikipedia tem uns 15 anos de idade, centenas de milhares de páginas e é sempre uma das primeiras entradas na busca de qualquer coisa no Google. A Wikipedia é um sucesso. Longa  vida ao rei.

wikipedia.jpg

Mas, venho notando há alguns anos, a Wikipedia ficou chata.

Os artigos da Wikipedia, antes tão claros e numa linguagem comum, passaram a ficar pesados, quase acadêmicos. Tenho a mesma sensação que tinha ao abrir a Mirador. Um tema qualquer, como quem foi Robespierre, abre uma página com 20 folhas, 100 links para outros assuntos, a vida completa do dito cujo, a lista de amantes, todos os inimigos e mais uma tonelada de informação. Ora, eu só queria saber quem foi o cara e o que ele fez, em 5 linhas, só isso.

O Wikipedia virou uma enciclopédia. E provavelmente, terá o mesmo fim dela.

Vão surgir alternativas. Wikis específicos por temas. Blogs com apenas um milionésimo da informação da Wikipedia, mas apresentada de forma compreensível. Ou alguma outra alternativa pequena, enxuta e barata que explore as fraquezas de algo que virou um gigante desajeitado, complexo e caro (para padrões da internet).

O rei está morto. Longa vida ao rei!

Arnaldo Gunzi


 

 

O Rei está morto. Longa vida ao Rei!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Rei está morto. Longa vida ao Rei! ou O Rei está morto. Viva ao Rei! (em francês: Le Roi Est Mort, Vive Le Roi!) é uma proclamação tradicional feita na sequência da subida ao trono de um novo monarca, em vários países, tais como o Reino Unido, Canadá e outros. A frase original foi traduzida a partir do francês Le Roi est mort. Vive le Roi!, que foi pela primeira vez declarada a partir da coroação de Carlos VII da França após a morte do seu pai Carlos VI da França, em 1422. Em França, a declaração era tradicionalmente feita pelo Duc d’Uzès, por um alto Par de França, logo que o caixão contendo os restos do antigo rei descia para a abóbada da Basílica de São Dinis. A frase surgiu a partir da lei de le mort saisit le vif – em que a transferência de soberania ocorre instantaneamente após o momento da morte do antigo monarca.

E mais um montão de palavras…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s