Oportunidades

Um poeminha para estes tempos tão difíceis. Foi escrito por Berton Braley, poeta norte-americano do início do século passado.

Oportunidades

Você que está com dúvidas e hesitações,

Acha que não há nenhuma chance para você, filho?

Os melhores livros ainda não foram escritos

A melhor corrida ainda não foi disputada,

A melhor trilha sonora ainda não foi criada,

A melhor música ainda não foi tocada,

Anime-se, pois o mundo é jovem!


 
Sem chance? Por que o mundo está ansioso

Por coisas que você deve criar.

A reserva de riqueza verdadeira ainda é escassa,

As necessidades são incessantes e enormes,

O mundo anseia por mais poder e beleza,

Mais riso e amor e romance,

Mais lealdade, trabalho e dever.

Sem oportunidades? Não há nada além de oportunidades!
 

Pois o melhor verso ainda não foi rimado,

A melhor casa ainda não foi planejada,

O pico mais alto ainda não foi escalado,

Os rios mais poderosos não foram atravessados.

Não se preocupe, meu caro,

As oportunidades estão apenas começando.

As melhores ocupações estão por vir,

O melhor trabalho ainda não foi feito.

Tradução livre do original: https://www.poemhunter.com/poem/opportunity-43/

Oportunidades

Você que hesita com dúvidas e medos,

 

Acha que não tem chances, meu caro? Por quê?

 

Os maiores desafios ainda não foram vencidos,

A pontuação máxima ainda não foi alcançada,Os melhores livros ainda não foram escritos,

A melhor música ainda não foi tocada. 

Anime-se, o mundo é jovem!

Não se preocupe nem se lamente,

As oportunidades estão apenas no início,

 

Porque os melhores projetos ainda não começaram,

E o melhor trabalho ainda não foi feito.

 

Tradução livre de “Opportunity”, de Berton Braley

 

Colorful_spring_garden.jpg