Adendo à lei da Osmose: cole em quem manja!

Um dos critérios para um aluno escolher o professor que vai orientar a conclusão de curso é se o mesmo é “tranquilo” ou não.

Quando eu fazia mestrado, fiz exatamente o contrário: procurei escolher os professores mais difíceis possíveis, dentro da área que me interessava! (E isso porque eu trabalhava full time e fazia o mestrado ao mesmo tempo). Como diria Ray Dalio, “Não baixe a régua”.

Comentei em post anterior, a “Lei da Osmose”. Aprender por osmose, no sentido de aprender junto a alguém que manja de verdade, é uma das melhores formas de aprendizado. Há uma quantidade enorme de informação que não pode ser codificada em livros, só em comportamento na vida real.

Conforme comentado, também não é tão fácil assim: é necessário encontrar tais pessoas e fazer com que elas aceitem dividir parte de seu tempo (e pessoas assim sempre têm tempo escasso).

Fica a dica.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s