O gargalo da inovação

Depois de rodar modelos diversos de inovação, eu estava ponderando, pensando em voz alta.

 

O processo de inovação ajuda. Mas, rapidamente, engargala de novo. E engargala nas pessoas, nos donos do processo.

 

Não adianta ter pitchs, desafios, chegar no final e o responsável não fazer funcionar. Não adianta ter a melhor ferramenta, se a pessoa não usar.

 

Também, dificilmente vai existir um produto pronto, plug and play. Será necessário um desenvolvimento, uma co-criação.

 

Por outro lado, pessoas boas inovam por si só, tendo liberdade. Elas mesmas correm atrás, por natureza.

 

O gargalo final é o básico, o arroz com feijão: ter bons colaboradores. A área de RH é sempre a mais importante de uma empresa…

 

 

2 comentários sobre “O gargalo da inovação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s