​ Um baú cheio de tesouros

Energia
O prof. Carlos Viveiro dá aulas sobre comunicação e apresentação. Ele enfrenta vários tipos de público, todos os dias. Vendedores, diretores executivos, analistas de TI, estudantes de graduação, aposentados…

Viveiro me deu uma dica poderosa: a de identificar, no público, alguém que esteja emitindo uma energia positiva, seja um sorriso, um aceno concordando, um olhar de atenção mais interessado.

lampada.jpeg
Uma apresentação pode ser longa, tensa, e o nível de energia, variável. Altos e baixos. E, nos momentos de baixa, devemos recorrer à esta pessoa que está brilhando, a fim de canalizar a energia positiva desta para iluminar as demais… uma boa dica.

Que tal ir um passo além, e arquivar essas energias positivas?


Mantenha um arquivo de aplausos

Há um livrinho pequeno, e muito bom, chamado “Roube como um artista”.

roube-como-um-artista-austin-kleon.jpg

Uma curiosidade é que o próprio título do livreto é roubado, de uma frase do pintor Pablo  Picasso:

“Bons artistas copiam, grandes artistas roubam”

Mas o que interessa, para este texto, é um de seus capítulos, que diz: “Mantenha um arquivo de aplausos”.

É como se fosse um baú de tesouros daqueles de histórias de piratas, mas ao invés de dinheiro, o verdadeiro tesouro: e-mails positivos, registros de fatos com que possamos nos orgulhar, uma música que traga alguma lembrança bastante positiva, uma foto ou recordação boa.

Bau.jpg

 

Antes mesmo de ler este livro ou de ter a aula do Carlos Viveiro, eu já mantinha um baú de tesouros. Consiste apenas numa lista simples, com fatos que merecem ser lembrados, anotados num papel. De tempos em tempos, acrescento algum fato interessante a esta lista, e tiro outros, que já não são tão importantes. Não tenho vergonha de me orgulhar do que fui capaz de conseguir com trabalho justo e ético. Não tenho vergonha do que me faz feliz.

Meio viajando, mas um critério para colocar algo no baú é pensar no Eterno Retorno de Nietzsche. Será que ouvir aquela música, naquele momento, com aquelas pessoas ao redor, deu a sensação de “Queria que este momento único nunca mais acabasse. Queria repetir para a eternidade este momento”? Se sim, é um bom candidato a tesouro. O ouro vai e vem. Mas estes momentos são únicos e eternos…

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s