Buracos negros, o início do tempo e o cérebro aprisionado

Uma breve história do tempo

 

Existe um cérebro, aprisionado num corpo inválido, que sonhou com o começo do universo.


 

 

 

No início, houve uma explosão, um Big Bang, que deu origem ao espaço e ao tempo.

 

BigBang

O universo começou a se expandir e a resfriar. Do resfriamento da energia, começou a surgir a matéria. Da matéria, surgiram as estrelas e planetas.

starsPlanets.jpg

 

As estrelas têm um ciclo de vida. Elas começam pequenas, e vão crescendo até virarem gigantes vermelhas, onde é o seu ápice. Daí, começa a decadência, se transformando em anãs vermelhas, depois em anãs brancas, até morrerem agonizantes, se transformando em um buraco negro. A morte de uma estrela é tão poderosa que suga tudo o que estiver ao redor. Nem a luz escapa.

blackhole.jpg

 

Isto não é um delírio qualquer. É uma teoria extremamente respeitada, escrita por um dos maiores cientistas dos últimos tempos.

 

E o cérebro aprisionado num corpo inválido é o de Stephen Hawking.

 

Hawking1.jpg

 


 

O universo numa casca de noz

 

Hawking tem problemas neuro-motores que paralisam todos os músculos de seu corpo. Ele necessita de assistência ambulatorial 24 horas por dia, para fazer absolutamente tudo: comer, tomar banho, trocar de roupa, deitar, trabalhar, tomar sol, sair.

 

Hawking não consegue falar. Para se comunicar, Hawking usa um computador que capta o movimento de sua bochecha. Um cursor vai se movendo no teclado. Ele escolhe a primeira letra, e vão surgindo opções para a palavra inteira, similar a quando escrevemos num smartphone. Depois de montar uma frase inteira, ele usa um sintetizador de voz para pronunciar o que está escrito. Pode demorar vários minutos para escrever uma frase completa.

Hawking2.jpg

 

Hawking teve que desenvolver uma capacidade de processar mentalmente fórmulas matemáticas e visualizar equações, uma vez que não conseguia escrever. Talvez por isso, suas aulas têm tantas analogias com coisas do cotidiano:

 

“Estar próximo a um Buraco Negro é como estar nas Cataratas do Niágara em uma canoa. Você consegue fugir se remar rápido o suficiente, mas se estiver muito próximo, é o fim. À medida que vai se aproximando, a correnteza torna-se mais forte.”

 

Foi assim, escolhendo cada letra com a bochecha, e visualizando equações, que ele escreveu diversos livros sobre buracos negros, explicações sobre o Big Bang, teorias sobre o início dos tempos. Escreveu e foi co-autor de mais de 10 livros, diversas aulas, vários filmes e dezenas de artigos, indo do extremamente acadêmico ao extremamente didático.

 

O livro “Uma breve história do tempo” vendeu mais de 10 milhões de exemplares em 20 anos, introduzindo ao leitor leigo o mundo da cosmologia. É um dos marcos da divulgação científica.

breve historia do tempo.jpg


 

 

 

Epílogo

 

As pessoas (incluindo os autores deste texto) vivem reclamando que não têm tempo, energia, recursos para lutar por seus objetivos. Nesses momentos, Hawking vem à lembrança.

 

Stephen Hawking não consegue utilizar sua mãos nem seus pés. Não consegue falar, não tem vida própria. Mas, mesmo assim, conseguiu ser um dos maiores cientistas e um dos maiores divulgadores da ciência de todos os tempos.

 

Hawking é a prova de que as limitações estão em nossa mente, e não no corpo.

 

 

 

 

Arnaldo Gunzi

 

Colaboração do meu amigo João Silva

 


 

 

 

Vídeos e links relacionados

 

http://www.hawking.org.uk/

 

https://www.youtube.com/watch?v=UErbwiJH1dI

 

 

 

 

 

 

 

A Teoria de Tudo

 

 

http://www.adorocinema.com/filmes/filme-222221/trailer-19540179/

 

a-teoria-de-tudo_t92819_2_jpg_290x478_upscale_q90.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O declínio da Wikipedia

Enciclopédias

Na casa dos meus pais, tem uma coleção de 20 livros gigantescos de uma Enciclopédia chamada Mirador. Usei esta enciclopédia pouquíssimas vezes, mas sempre que usei, achei um saco: letras pequenas, um linguajar mais acadêmico do que cotidiano, inúmeros detalhes que nem interessam tanto.

enciclopedia-mirador-21-volumes-21237-MLB20207600549_122014-F.jpg

A Enciclopedia Britannica foi a mais famosa das enciclopédias.

britannica-decoder-blog480.jpg

 

A Wikipedia surgiu em meados dos anos 2000, e as enciclopédias morreram alguns anos depois. Em pouco tempo, as pessoas viram que 20 edições capa dura impressas, com umas 1000 folhas em cada, custando milhares de reais poderiam ser substituídas por um conhecimento on-line, grátis e atualizado instantaneamente.

Um dos criticismos que surgiram nesta época foi a de que a Wikipedia era anônima. Ninguém se responsabilizava pela informação ali contida, enquanto uma Enciclopédia como a Mirador tinha o respaldo de centenas de acadêmicos.

Com o tempo, viu-se que os mecanismos da Wikipedia para auto-regulação funcionavam bem. O corpo de conhecimento de dezenas de milhares de pessoas do mundo inteiro superou em muito o conhecimento dos acadêmicos das enciclopédias. Viu-se que a informação da Wikipedia funcionava na prática, era milhares de vezes mais rápido, mais atualizado e mais barato usar a Wikipedia do que uma outra enciclopédia em papel.

ba2abdcdc.jpg

Outra grande vantagem da Wikipedia era a de que ela era compreensível: usava uma linguagem mais coloquial e focava nos pontos principais, cumprindo a missão de transmitir uma informação clara aos leitores. As enciclopédias morreram. Ponto final.


A Wikipedia vira uma Enciclopédia

É março de 2016, a Wikipedia tem uns 15 anos de idade, centenas de milhares de páginas e é sempre uma das primeiras entradas na busca de qualquer coisa no Google. A Wikipedia é um sucesso. Longa  vida ao rei.

wikipedia.jpg

Mas, venho notando há alguns anos, a Wikipedia ficou chata.

Os artigos da Wikipedia, antes tão claros e numa linguagem comum, passaram a ficar pesados, quase acadêmicos. Tenho a mesma sensação que tinha ao abrir a Mirador. Um tema qualquer, como quem foi Robespierre, abre uma página com 20 folhas, 100 links para outros assuntos, a vida completa do dito cujo, a lista de amantes, todos os inimigos e mais uma tonelada de informação. Ora, eu só queria saber quem foi o cara e o que ele fez, em 5 linhas, só isso.

O Wikipedia virou uma enciclopédia. E provavelmente, terá o mesmo fim dela.

Vão surgir alternativas. Wikis específicos por temas. Blogs com apenas um milionésimo da informação da Wikipedia, mas apresentada de forma compreensível. Ou alguma outra alternativa pequena, enxuta e barata que explore as fraquezas de algo que virou um gigante desajeitado, complexo e caro (para padrões da internet).

O rei está morto. Longa vida ao rei!

Arnaldo Gunzi


 

 

O Rei está morto. Longa vida ao Rei!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Rei está morto. Longa vida ao Rei! ou O Rei está morto. Viva ao Rei! (em francês: Le Roi Est Mort, Vive Le Roi!) é uma proclamação tradicional feita na sequência da subida ao trono de um novo monarca, em vários países, tais como o Reino Unido, Canadá e outros. A frase original foi traduzida a partir do francês Le Roi est mort. Vive le Roi!, que foi pela primeira vez declarada a partir da coroação de Carlos VII da França após a morte do seu pai Carlos VI da França, em 1422. Em França, a declaração era tradicionalmente feita pelo Duc d’Uzès, por um alto Par de França, logo que o caixão contendo os restos do antigo rei descia para a abóbada da Basílica de São Dinis. A frase surgiu a partir da lei de le mort saisit le vif – em que a transferência de soberania ocorre instantaneamente após o momento da morte do antigo monarca.

E mais um montão de palavras…

As origens do Futebol Total

Dezembro de 2011, final do Mundial Interclubes. Santos x Barcelona.

SantosBarcelona.jpg

O Santos havia vencido a Libertadores da América, tinha Ganso, Neymar como principal jogador e Muricy Ramalho como técnico.  Era disparado o melhor time das Américas, jogava bonito e sobrava contra os outros times. Eu estava torcendo para o Santos ganhar, mostrar a sua força. Mas, assim que o jogo começou, só deu Barça. Toque de bola, toca aqui, toca acolá, gol, tiki-taka, gol. O toque começava no goleiro, passava por todos os jogadores do Barça e só ia parar na área da Santos. O Barcelona meteu 4 a 0 e poderia ter feito mais, se não tivesse diminuído o ritmo. Foi a primeira vez que vi o Futebol Total.

 


 

Os Primórdios – Rinus Michels

O Futebol Total tem o foco no ataque, na posse de bola, e na troca de posição entre jogadores para manter a estrutura do time. Foi um dos primeiros a explorar a linha de impedimento. Ocupar os espaços do campo – expandir o campo quando se tem a bola, encurtar o espaço quando o oponente tem a bola. Expandir o tempo quando se tem a bola, encurtar o tempo do adversário.

 

rinusmichels.jpg
Rinus Michels

 

O Futebol Total começou com um técnico chamado Rinus Michels. Ele foi treinador do time holandês Ajax e da seleção holandesa, nos anos 70. Por sua vez, Michels foi inspirado pela Seleção da Hungria de anos anteriores. Michels era um estudioso de táticas, uma pessoa de alto QI. Sempre que viajava, comprava um livro e terminava de ler antes de voltar.

O Ajax conseguiu vários feitos, o mais marcante foi ter vencido a Champions League da época três vezes seguidas.

A seleção holandesa encantou o mundo com o Carrossel Holandês de 1974, chegando à final da Copa do Mundo e perdendo para a Alemanha.

Holland1974.jpg

O vídeo do primeiro gol da Holanda na final de 1974 ilustra bem o Futebol Total: todo mundo toca na bola, até a Alemanha cometer o pênalti.

O principal jogador do Ajax e da Holanda era o genial Johan Cruyff.

johan-cruyff-holland-v-argentina.jpg


 

O Sucessor – Johan Cruyff

O Barcelona dos anos 70 contratou a dupla Rinus Michels como técnico e Johan Cruyff como jogador. Começaram a deixar o DNA do Futebol Total no time, imprimindo sua forma de jogar e vencendo alguns títulos nacionais.

 

Um legado impactante: em 1979, Cruyff convenceu a diretoria do Barcelona a criar uma academia de talentos, a La Masia, inspirado na que existia no Ajax. Nas décadas seguintes, a La Masia revelou talentos para o time principal, como Pep Guardiola, Andrés Iniesta, Xavi Hernandes e Lionel Messi.

lamasia.jpg

 


Cruyff técnico

Cruyff retornou ao Barcelona como técnico anos depois, em 1988. Novamente, imprimiu a filosofia do Futebol Total, montando um timaço que tinha vários talentos da La Masia, que ficou conhecido como o Dream Team de Cruyff. O Dream Team ganhou a Champion League de 1992 – a primeira Champions do Barça.

Cruyff_2377125b_3480084b.jpg

Na final do Mundial Interclubes de 1992, o Barcelona de Cruyff enfrentou o São Paulo, de Telê Santana. O time do Barça tinha Cruyff de técnico, Guardiola no meio, Stoichkov no ataque. O São Paulo tinha Zetti, Ronaldão, Cafu, Cerezo, Raí, Palhinha, Muller. Deste encontro de timaços sensacionais, deu São Paulo, para a alegria de um menino que tinha ficado acordado na madrugada para ver o jogo: eu. Foi mal, Cruyff, não tinha como vencer esse time.

São_Paulo-Barcelona_1992-12-13.svg.png

 

Telê Santana era um perfeccionista e amava o que fazia. Morava no centro de treinamento, acordava cedo para tirar ervas daninhas do gramado. Treinava meticulosamente cada jogador, sendo considerado muito chato por ser extremamente exigente. Um exemplo. Cafu, apesar de muito veloz, não sabia cruzar a bola. Telê Santana pegava no pé dele, fazia ele treinar, treinar, ficar batendo na bola depois dos treinos até cansar…

tele.jpg

 


O Tiki-Taka

O DNA do Futebol Total esteve impregnado no Barcelona desde Cruyff. Se, em muitos lugares a prioridade era de jogadores altos e fortes, a La Masia priorizava jogadores talentosos, que se encaixavam no Futebol Total. Os frutos deste trabalho incluem Andrés Iniesta, Xavi Hernandes, Pedro Rodrigues, Sérgio Busquets, Carles Puyol, Lionel Messi.

Pep-Guardiola-will-join-M-009.jpg

Joseph Guardiola retornou ao Barcelona como técnico em 2008, e levou o Futebol Total a um novo patamar. Guardiola é extremamente inteligente e grande estudioso de táticas. Guardiola é perfeccionista, exigindo precisão a cada toque, posicionamento correto, disposição tática perfeita, futebol coletivo.

O Barcelona de Guardiola assombrou o mundo. Ganhou duas Champions, a de 2009 e 2011 e levou o futebol a um novo patamar. Como consequência, o DNA do Futebol Total se espalhou para a Seleção Espanhola, que ganhou as Eurocopas de 2008 e 2012, e a Copa do Mundo de 2010.

 

Nesses quatro anos, o mundo inteiro passou a copiar o Barcelona e tentar contra-atacar de alguma forma.
Se o Barça começa tocando desde o goleiro, colocam marcação forte já na área dele. Se o Barça quer a bola, então fique com ela, não vou ficar desesperado correndo atrás dela. Se o Barça fica 80% do tempo no ataque, vou me posicionar para aproveitar o contra-ataque.

 


O Presente

O tiki-taka teve que se reinventar. Guardiola montou outro time extremamente competitivo no Bayern de Munique.

O Barcelona atual, de Luiz Enrique, contém muitos dos traços de Guardiola, como os toques rápidos e precisos, a posse de bola absurda, mas também tem novos elementos: é pragmático, extremamente rápido nos contra-ataques e tem um trio de ataque letal. Ganhou a Champions de 2015 e é forte candidato a faturar tudo novamente.

msn.jpg

Desde que conheci o Futebol Total, não consigo assistir o Campeonato Brasileiro: na maioria dos times, não há uma sequência de três passes certos seguidos, quando o jogador não sabe o que fazer dá um chutão para a frente, chuveirinho na área é um grande recurso, assim como se jogar e pedir falta. O jogador individual é mais importante do que o jogo coletivo.

 

O mundo evoluiu, o Brasil ficou para trás. Tomou 7 a 1 e vai continuar tomando, se não evoluir coletivamente.

 

Post em homenagem ao gênio Johan Cruyff e ao seu belo legado.


 

Links
https://en.wikipedia.org/wiki/Rinus_Michels
http://www.theguardian.com/football/blog/2016/mar/24/johan-cruyff-barcelona-legacy
http://www.fourfourtwo.com/features/how-johan-cruyff-reinvented-modern-football-barcelona#:YbYnBCJTZ-F28A
https://en.wikipedia.org/wiki/Johan_Cruyff
https://en.wikipedia.org/wiki/Tiki-taka
https://en.wikipedia.org/wiki/La_Masia
https://en.wikipedia.org/wiki/1992_Intercontinental_Cup
https://en.wikipedia.org/wiki/Pep_Guardiola
http://blogdomenon.blogosfera.uol.com.br/2014/04/09/tele-me-ensinou-a-bater-falta-ou-melhor-tentou-me-ensinar/

Como capturar um macaco

Macacos são criaturas ágeis, desconfiadas e inteligentes. Não é fácil capturar um macaco. Tentar ser mais veloz que ele, impossível. Armadilhas simples não funcionam.

JapaneseMonkey.jpg

No Japão antigo, havia um método curioso de capturar macacos.

2EF410F500000578-0-image-m-27_1448964309146.jpg

O homem colocava uma tigela com água. Deixava no chão e ia embora. O macaco, curioso, pegava o pote e tomava a água.

No dia seguinte, o homem colocava um pouquinho de sakê. O macaco pegava o pote e tomava a água.

O homem ia gradativamente aumentando a quantidade de sakê na água. O macaco achava esquisito no começo, mas como era em doses homeopáticas, tolerava. Com o tempo, passava a gostar mais e mais do álcool.
Até que chegava num ponto em que a dose era muito forte, mas o macaco não conseguia deixar de tomar a tigela.

Neste ponto, o homem capturava facilmente o macaco bêbado.

 


O destino de todo macaco bêbado é ser privado de sua liberdade. O melhor jeito de o macaco não ficar viciado é parar o consumo enquanto as doses são pequenas, não importa o quão atrativo a bebida pareça, não importa que os outros macacos pareçam estar se divertindo.

 

Arnaldo Gunzi

Mar 2016
Mapa do Site

https://ideiasesquecidas.com/mapa-do-site/

Sérgio Moro prender Lula? Agradeça à Revolução Francesa.

É março de 2016, e sem dúvida alguma estamos em uma época turbulenta. A presidente da República nomeando um ex-presidente como ministro, foro privilegiado, o corajoso juiz Sérgio Moro investigando figurões graúdos da política, etc.

sergio-mmoro_1.jpeg
Juiz Sérgio Moro

 

“Mas, se o presidente manda no Brasil, porque ele não manda parar a investigação?” – Já ouvi esta pergunta mais de uma vez, então vale a pena explorar a questão.

pixuleco.jpg
“Pixuleco”

 

Um juiz pode sim investigar o poder executivo e prender um ex-presidente, por causa da Teoria da Separação dos Poderes.

 


 

Teoria da Separação de Poderes

Um ser humano com poder absoluto pode cometer abuso de autoridade. Se alguém com poder absoluto cometer um crime, ele pode mudar a lei para que o crime não seja mais crime, e absolver a si mesmo pelo crime não cometido. Ele nunca estará errado. Estará sempre dentro da lei. Em ditaduras absolutistas acontece exatamente isto – o ditador está além do bem e do mal. Exemplo era o Iraque de Saddam Hussein. O filho de Saddam, Uday, era conhecido pelo extremo desprezo pela vida humana. Poderia executar alguém simplesmente por não gostar dele. Leia a nota de rodapé.

Partindo do pressuposto que o poder absoluto é ruim, o modelo tripartite divide os poderes em executivo, legislativo e judiciário.

  • O executivo administra o país;
  • O legislativo cria as leis;
  • O judiciário julga.

Note que quem cria leis não julga, quem julga não cria, quem administra não cria nem julga, e os que criam e julgam não administram – é um equilíbrio de poderes.

O presidente não manda no Brasil, ele é apenas um executivo, um CEO. O presidente é um administrador eleito para gerenciar o país, que tem poderes para fazer muita coisa, mas não tudo.

A separação de poderes tem raízes em Platão, Aristóteles, Locke e dezenas de outros grandes pensadores. Mas um divisor de águas foi o modelo tripartite do Barão de Montesquieu, adotado após a Revolução Francesa.

 

liberty.jpg

 

A França teve séculos de reis com poderes absolutos, tendo o seu ápice em Luis XIV, o Rei -Sol, que proferiu as famosas palavras: “O Estado sou Eu”.

Décadas depois, a França estava quebrada financeiramente, o que ajudou a iniciar a Revolução. Foi um período inspirado por ideias liberais, foi o precursor do declínio das monarquias e substituição por repúblicas, estas pautadas pela Independência de Poderes. A grande maioria das repúblicas atuais tem como base o modelo de três poderes de Montesquieu.

A Revolução Francesa foi uma época extremamente complicada, com guerras e revoluções atrás de revoluções, até chegar em Napoleão. Mas a Revolução deixou legados importantes, como o conceito de Liberdade, Igualdade e Fraternidade. E, mais de 200 anos depois,  as ideias de Montesquieu permitem que a República do Brasil outorgue poderes a um juiz federal para respaldar uma investigação séria, competente contra os mais altos cargos do poder executivo do país.

Obrigado a Montesquieu, às pessoas que deram a vida na Revolução Francesa, Locke, e a todos os outros que contribuíram para que os poderes fossem independentes.

https://en.wikipedia.org/wiki/French_Revolution

 

Mapa do site

https://ideiasesquecidas.com/mapa-do-site/


 

Nota de rodapé sobre Uday Russein

Fonte: site Wait but Why

· Quando Uday era jovem, Saddam levava ele o seu irmão Qusay para assistir prisioneiros serem torturados ou executados. Uday em particular saboreava a experiência

· Imagine o garoto desagradável, mau, super rico no ensino médio, mas agora imagine que ele tem o poder de seus guarda costas para bater em você até virar uma massa de sangue, ou matar você, ou matar você e toda a sua família, num estalar de dedos.

· Na faculdade, Uday de tempos em tempos via uma garota bonita, falava para seus guarda-costas trazerem ela para o seu quarto, onde a estuprava e às vezes falava para os guarda-costas a matarem.

· Ele às vezes ia para um clube e se ele visse uma garota atrativa dançando com um homem, e isto o causasse ciúmes, ele mandava matar o homem
· Ele ficava de pé na varanda com binóculos, e quanto encontrava uma moça bonita ele mandava seus homens pegarem para ele.

· Ele era obcecado por tortura e amava experimentar diferentes formas
· Uma vez ele matou um homem que não o saudou

· Até Saddam estava assustado por Uday ser tão cruel e negligente, tanto que ele apontou o irmão mais novo Qusay para ser seu sucessor no lugar de Uday

· Isto fez Uday incrivelmente ciumento, e ele fez coisas como pegar uma garota que ele ouviu dizer que dormira com Qusay, trazer a ele, violenta-la e marca-la permanentemente com um U

· Para dar a ele alguma coisa para fazer, Saddam apontou Uday como o chefe do comitê Olímpico. Uday fez atletas que performavam mal serem torturados, às vezes trancando eles em arcas de ferro por três dias

A corrente invisível

Havia um homem preso a uma corrente invisível. Era uma corrente leve, fina e muito comprida. Tão comprida que não limitava os movimentos. O homem poderia ir para onde quisesse, sem problemas. Mas ainda assim, estava preso à corrente, e isto fazia com que ele sempre voltasse ao ponto inicial.

O homem bolou um plano. Serrou as correntes invisíveis, criou asas artificiais e saiu voando, rumo à liberdade.
Voando nos céus, o homem pôde ver as pessoas de outra perspectiva. E descobriu a verdade: Assim que ele tocasse os pés no chão e fizesse contato com outras pessoas, ele seria preso a novas correntes invisíveis. Porque todas as pessoas estavam presas a correntes invisíveis!

 

dreamstime_l_2815032.jpg

Arnaldo Gunzi

 

 

Quadrados mágicos ímpares

Quadrados mágicos são quadrados preenchidos com números sequenciais, de forma que a soma das linhas e colunas são iguais.

 

 

Exemplo: temos os números de 1 a 9 no quadrado, e a soma de cada linha ou coluna é 15.

Quadrado1.JPG

 

Parece difícil criar um negócio desses. Há uma forma mais ou menos intuitiva de ver esses quadrados mágicos. É isso que vou explicar agora.

 


 

Diagonais

Tudo começa com uma diagonal preenchida com 1, assim.

Quadrado2.JPG

 

Isto é o que os caras que manjam de matemática chamam de “matriz identidade”.

Ela obviamente tem a propriedade da soma das linhas e colunas ser 1, já que os números ficam na diagonal e uma linha ou coluna só contém este mesmo número.

 

Uma matriz assim com o número 2 e o número 3 também têm a mesma propriedade da soma das linhas e colunas serem iguais.

Quadrado3.JPG

Temos um bom ponto de partida para montar algo mais complicado.

 

Já que esta matriz é tão legal, que tal juntar uma na outra, na diagonal?

Quadrado4.JPG

 

Considerando que temos que montar um quadrado, vamos pintar o quadrado no centro desta estrutura. Aproveitamos para pintar de azul e verde os caras que não encaixam no quadrado.

 

Quadrado5.JPG

 

Mas, se a gente imaginar a tela não como um plano, mas como um “globo terrestre”, é como se os números que atravessarem o leste fossem parar no oeste, e os que atravessarem o oeste fossem parar no leste. Vamos fazer de conta que eles deram a volta ao mundo.

Quadrado6.JPG

 

Para fechar, os números que derem a volta no pólo norte vão parar no pólo sul, e vice-versa.

 

Quadrado7.JPG

Chegamos numa configuração interessante: a soma das linhas e colunas dá 6.

 

Quadrado8.JPG

 

Mas queremos números de 1 a 9, e não de 1 a 3. Vamos consertar isto. Se eu somar um número qualquer a alguma linha das matrizes diagonais, não mudarei a propriedade das linhas e colunas iguais, porque é como se eu estivesse somando um número à diagonal.

 

Quadrado9.JPG

Se eu somar 3 à segunda linha das matrizes diagonais, e 6 à terceira linha, terei os números de 1 a 9.

 

Fazendo o mesmo processo de juntar,  pintar,Quadrado10.JPG

 

 

Transladar no sentido horizontal, e transladar no sentido vertical,

Quadrado11.JPG

 

 

Chegamos no quadrado mágico!

 

Quadrado1.JPG

 

Outra propriedade interessante.

 

Colocando os números de 1 a 9 em ordem:

Simetria_num.JPG

O número 5 divide os números de forma equidistante.

 

Portanto, o 5 sempre tem que ficar no meio do quadrado mágico.

Um quadrado mágico mapeado a partir da equidistância do 5 fica assim:

Quadrado12.JPG

Com o zero no meio e valores simétricos (-1 e +1), (-2 e +2), etc.

 


 

Quadrados maiores

 

Este processo é válido para qualquer quadrado mágico de lado ímpar – o de lado par destrói a estrutura de simetria em torno do número central.

 

Por exemplo, para um quadrado 5 x 5, temos.

Diagonais:

Quadrado13.JPG

Diagonais com os números corretos

Quadrado14.JPG

 

Compondo as diagonais e pintando

Quadrado15.JPG

 

Transladando lateralmente

Quadrado16.JPG

Transladando verticalmente

Quadrado17.JPG

E temos um quadrado 5×5:

Quadrado18.JPG

Nota: olhando para a explicação, pode parecer fácil, natural. Mas fiquei vários dias pensando em como essas simetrias se encaixavam, etc.

Disponibilizei neste link uma rotina em Excel Vba que automatiza os passos descritos.

 

Para os quadrados pares, um dia faço alguma explicação e coloco aqui.

Arnaldo Gunzi

Mar 2016.


 

Nota:

O grande matemático indiano Ramanujan foi um gênio. Estudou sozinho e fez descobertas brilhantes, de nível mundial. É nele que se inspirou o filme “Gênio indomável”.

mathematical-genius-srinivasa-ramanujan-652x400-3-1443443542_350x163.jpg

Ramanujan escreveu vários quadrados mágicos em seus “blocos de notas”. Muito do que ele escreveu nesses blocos de notas permanece incompreensível até hoje. – portanto estas brincadeiras são para gente graúda também.

 

 

Note 2-6.jpg

 

 

 

Novo avatar e página do facebook

Informo que estou criando uma página no facebook, como um teste, em

https://www.facebook.com/Forgotten-Lore-537215646451974/

Acredito que muitas pessoas prefiram este meio de comunicação.

 


 

A Imagem do Avatar é uma homenagem ao camponês sábio Ninomyia Kinjiro.

 

ninomiya_kinjirou

É a história de um pobre menino camponês, que trabalhava o dia todo, mas sempre usava todos os momentos possíveis para estudar – por isso a imagem de um menino carregando lenha e lendo um livro. A noite, pegava vagalumes para servir de luz para a leitura.

ninomiya_kinjirou2

Quando o menino cresceu, trabalhava muito além do normal e viajava o Japão inteiro, compartilhando seu conhecimento com senhores feudais e camponeses, aumentando a produtividade das plantações e contribuindo para a melhoria econômica de vilas inteiras.

 

ninomiyakinjiro

Há diversas estátuas dele em escolas de primeiro grau do Japão, como um símbolo de parcimônia, esforço e doação.

 

É o fim das esperanças. Saia do Brasil enquanto pode.

Vou contar um segredo. Antes que haja um mal-entendido, o título do artigo é fake: uma mentira apenas para chamar a atenção. A minha mensagem é exatamente o contrário: não saia do país, o Brasil é um país rico e com instituições democráticas sólidas, e os que investirem no país colherão os frutos de seu trabalho.

Thunderstorm.jpg

 

O título atende a um propósito: demonstrar como manchetes sensacionalistas exploram fraquezas do ser humano para chamar a atenção.

A receita é mais ou menos assim.

  1. Elas atacam um medo (segurança, estabilidade financeira ou social) – sentimentos na base da pirâmide de necessidades de Maslow.
  1. Adicionam uma causa provável e uma explicação razoavelmente correta (o Partido X está afundando o Brasil, a China é uma bolha prestes a estourar).
  1. Chegam a uma conclusão bombástica, com o pior cenário possível: o Brasil vai quebrar, o Brasil vai afundar em crise pelos próximos 20 anos.
  1. Por fim, vendem os seus serviços como os salvadores da pátria.

 

Profetas do Apocalipse sempre existiram e sempre existirão, justamente por explorarem o medo. As previsões são suficientemente vagas para serem interpretadas corretas qualquer seja o resultado.

Nunca acredite em manchetes bombásticas com soluções mágicas. A única mágica que ocorrerá é o seu dinheiro sumir com eles (e os seus neurônios queimarem, o que é centenas de vezes pior).

 

O Brasil na Lata de Lixo

Há uns meses, vi um vídeo alarmante. Era intitulado “O Brasil acabou”, e continha uma série de previsões pessimistas sobre o futuro do país. Desde então venho recebendo propagandas com alertas aterrorizantes: “O governo está quebrado”, “Será que é hora de sair do país”, etc.

Tudo isto segue exatamente a receita acima: títulos sensacionalistas, explorando o medo, apoiando-se em previsões suficientemente vagas para  serem corretas qualquer o resultado, e algo para você comprar e se proteger no final

Não vou refutar tais análises. Há várias fontes na internet que o fazem.

O que vou fazer é o oposto: fazer previsões otimistas sobre o futuro do país.

Não tem que comprar nada no final para ler a análise. O meu preço é apenas que você acredite nesta mensagem e continue trabalhando firmemente para ajudar a concretizar este sonho.

 


 

Brasil potência mundial

O Brasil é um país de extensões continentais e vastas reservas naturais, com uma população de mais de 200 milhões de habitantes.

É um dos maiores produtores de alimentos do mundo: tem grandes extensões de terras férteis em latitudes boas. Soja, milho, cana de açúcar. Além disso, possui vastas quantidades de outro recurso que será extremamente escasso no futuro: a água.

soja.jpg
Plantação de soja

 

É um dos grandes produtores mundiais de Papel e Celulose, tendo a melhor produtividade de florestas no mundo e o melhor Planejamento florestal do mundo.

size_810_16_9_floresta-plantada.jpg
Florestas em mosaico da Klabin

 

O Brasil possui grandes reservas de recursos minerais, como minério de ferro e petróleo. O pré-sal  pode ser uma valiosa fonte de energia para o mundo, num futuro não tão distante.

ValeMinerio.JPG
Minério de ferro

 

O número de brasileiros que frequentam a universidade é cada vez maior. A consciência de que é necessário estudar vem aumentando significativamente nas últimas décadas, embora ainda não chegue ao nível dos países de primeiro mundo. Além disso, a internet reduziu distâncias e democratizou o conhecimento no mundo todo.

Institutos como o ITA,  o IME, as Universidades Federais, entre outras muitas faculdades renomadas, formam profissionais que não deixam a desejar frente a nenhum outro no mundo.

ita.JPG
Instituto Tecnológico de Aeronáutica – local com excelentes alunos (talvez não se possa dizer o mesmo dos professores…)

 

Empresas de ponta como a Embraer e a Tecsis, dentre outras, são referências mundiais em suas áreas.

Embraer_190.jpg
Embraer 190
Tecsis.jpg
Tecnologia de pás eólicas da Tecsis

 

O Brasil possui instituições democráticas fortes, como a Policia Federal, Receita Federal, Superior Tribunal de Justiça. A prisão de grandes figurões da política e empresários bilionários corruptos demonstra a força das instituições sérias.

 

O brasileiro vai tirar do poder os partidos que se mostrarem incompetentes na condução do país. Cedo ou tarde. A diminuição da pobreza, o aumento da escolaridade das pessoas e a força das instituições democráticas suportarão bons governantes.

 


 

Brasil Potência

 

O Brasil tem um futuro brilhante pela frente. Será uma das grandes potências mundiais. Exportará conhecimento e tecnologia, além de commodities cada vez mais valiosos. Não tem mágica nenhuma aqui, o Brasil não é melhor ou pior que ninguém. Apenas irá ocupar o seu lugar natural.

O melhor momento para investir no país é agora. Enquanto alguns falam em Fim do Brasil, acredito que é o Começo de uma nova e grandiosa era, a era do Brasil Potência. É nisto que acredito, e é para construir este país do futuro que trabalho.

hope-hero

 

Compartilhe com outros que dividem este sonho.

bandeira do brasil 2.jpg

Arnaldo Gunzi

Mar 2016

 


 

Leia também

Mapa do site

Hiperinflação nos anos 80

O que podemos aprender com as ondas gravitacionais

Gandhi não baixava a cabeça

 

 

 

 

 

 

 

 

Blogs técnicos

Prezados leitores,
Estou lançando hoje mais dois outros blogs, ambos com viés técnico. Um com ferramentas em Excel-VBA, e outro sobre Otimização Matemática.
O de Excel VBA (https://ferramentasexcelvba.wordpress.com/) deriva diretamente de anos de expertise no assunto. Conterá ferramentas plug & play em Excel, automatizando tarefas úteis. Ainda não tem muita coisa, mas a ideia é colocar toda semana algo novo.
SimuladorMinMax.png
O de otimização combinatória (https://analyticsgrainofsand.wordpress.com/) explica métodos matemáticos e disponibiliza uma série de aplicações sobre o assunto. É um dos assuntos mais difíceis da matemática e da computação. Pelo assunto ser muito específico e muito difícil, não há tantas pessoas no Brasil que se interessem tão a fundo. Por isso, a linguagem será o inglês.
simplex.png

O Forgotten Lore é um experimento. Sempre gostei de escrever, e, como em qualquer coisa na vida, tenho que treinar para melhorar. O meu estilo de escrita melhorou imensamente nos últimos meses, graças à prática.
Devido aos muitos feedbacks positivos, me sinto seguro a manter este trabalho e escrever sobre esses outros dois assuntos específicos e muito ricos.
Agradeço aos leitores pela companhia e feedbacks.
Arnaldo Gunzi